X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tom Brady confirma aposentadoria da NFL após 22 temporadas e 7 títulos

Brady é o recordista de títulos da liga e ainda detém diversos outros recordes

Agência Folhapress | 01/02/2022 19:47 h

Tom Brady anunciou aposentadoria
Tom Brady anunciou aposentadoria |  Foto: Reprodução instagram @tombrady
 

Tom Brady, atleta mais vencedor da história do futebol americano, confirmou nesta terça-feira (1º) a sua aposentadoria, aos 44 anos.

A trajetória do veterano quarterback chega ao fim após 22 temporadas na NFL e sete títulos do Super Bowl, seis pelo New England Patriots e um pelo Tampa Bay Buccaneers. É mais do que qualquer equipe já venceu na história da liga.

A decisão do astro foi revelada no último sábado (29) por Adam Schefter e Jeff Darlington, repórteres da ESPN nos Estados Unidos. Pouco depois, foi noticiada no site da liga de futebol americano. Os perfis oficiais da entidade nas redes sociais publicaram então várias homenagens à carreira de Brady.

Mas ainda faltava ser dito por ele. O atleta não gostaria que o assunto fosse levantado antes do Super Bowl deste ano, do qual não participará, e isso levou a informações desencontradas.

"Sem entrar na precisão ou imprecisão do que está sendo relatado, Tom será a única pessoa a expressar seus planos com total precisão", disse o agente dele, Don Yee, em um comunicado no sábado. "Ele conhece a realidade dos negócios do futebol e do planejamento de calendário tão bem quanto qualquer um, então isso deve acontecer em breve."

No mesmo dia, o pai do jogador contestou a notícia da aposentadoria e disse que essa decisão ainda não havia sido tomada. Já a empresa TB12, que pertence a Brady, publicou um post no Twitter no qual listou seus feitos e escreveu "obrigado por tudo", mas depois apagou a publicação.

Agora, porém, está sacramentado. "É difícil escrever, mas aqui vai: não vou mais assumir esse compromisso competitivo. Amei minha carreira na NFL, e agora é hora de concentrar meu tempo e energia em outras coisas que exigem minha atenção", disse ao longo de um texto publicado nas redes sociais.

"Se não houver um compromisso 100% competitivo, você não terá sucesso, e o sucesso é o que eu amo tanto em nosso jogo", declarou. "Existe um desafio físico, mental e emocional todos os dias que me permitiu maximizar meu potencial. E eu tentei o meu melhor nos últimos 22 anos. Não há atalhos para o sucesso em campo ou na vida."

Escolha de número 199 na sexta rodada do draft (processo de recrutamento de calouros) de 2000 pelo New England Patriots, Brady contrariou as perspectivas e terminou por levar a equipe a uma dinastia sob o comando do técnico Bill Belichick. Sua jornada no time de Massachusetts terminou em março de 2020, após uma divergência sobre o tempo de um novo contrato.

O astro então se mudou pela primeira vez na carreira e foi para a Flórida defender o Tampa Bay Buccaneers. Havia dúvidas sobre seu futuro e capacidade de vencer num novo ambiente, mas ele conseguiu isso logo na temporada de estreia.

Em fevereiro passado, o time se tornou o primeiro a ganhar o Super Bowl no próprio estádio (o local do jogo é pré-determinado com anos de antecedência), diante do Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes, por 31 a 9.

Apesar da idade avançada, o atual campeão terminou a última temporada regular como líder de jardas aéreas (5.316) e passes para touchdown (43) e está entre os candidatos ao prêmio de MVP (melhor jogador), que poderá ser o quarto de sua carreira. O quarterback já ganhou cinco vezes a premiação de MVP do Super Bowl, outro recorde.

Seu último jogo foi em 23 de janeiro, a derrota por 30 a 27 para o Los Angeles Rams na rodada divisional dos playoffs. Por pouco ele não protagonizou mais uma virada histórica, após o time estar atrás em 27 a 3.

Os Rams decidirão o Super Bowl no próximo dia 13 contra o Cincinnati Bengals.

Depois da eliminação, Brady disse que conversaria com a mulher, a modelo brasileira Gisele Bündchen, e com os três filhos para definir seu futuro na liga.

Em sua publicação nesta terça, ele afirmou que Gisele, Jack, Benny e Vivi são a sua inspiração e maiores conquistas. O americano destacou o "altruísmo" de Gisele. Disse que a brasileira é a "esposa mais amorosa e solidária": "Fez de tudo pela nossa família para permitir que eu me concentrasse na minha carreira".

Por fim, escreveu em português: "Te amo, amor da minha vida".

RECORDES DE TOM BRADY

Mais títulos de Super Bowl de um jogador (e time): 7

Mais prêmios de MVP do Super Bowl: 5

Mais jardas aéreas na carreira: 84.520

Mais passes para touchdown na carreira: 624

Mais vitórias na carreira: 243

Mais passes completos na carreira: 7.263

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS