X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Seleção testa nova formação contra Peru na Copa América Feminina

Paraguai será o adversário do Brasil na semifinal na próxima terça

Agência Brasil. | 21/07/2022 13:33 h

A seleção feminina enfrenta o Peru nesta quinta-feira (21), às 21h (horário de Brasília), pela última rodada da primeira fase da Copa América, realizada na Colômbia. O confronto no estádio Pascual Guerrero, em Cali, com transmissão da TV Tribuna/SBT, será utilizado pela técnica Pia Sundhage para testar uma nova formação. As brasileiras estão asseguradas nas semifinais e já têm a liderança do Grupo B garantida.

O Brasil venceu os três jogos que disputou e soma nove pontos. São três de vantagem para Argentina e Venezuela, que se enfrentam em jogo simultâneo, no estádio Centenário, em Armenia. Como o primeiro critério de desempate é o confronto direto, não há como a seleção canarinho ser ultrapassada. As argentinas, por terem melhor saldo que as venezuelanas, avançam às semifinais em caso de empate. O Peru, zerado após três rodadas, não tem chances de classificação.

Pia não poderá contar com a zagueira Rafaelle e a volante Angelina, suspensas pelo terceiro amarelo. Em entrevista coletiva na quarta-feira (20), a treinadora disse que colocará em prática uma formação diferente, com três defensoras, ao invés do habitual 4-4-2. A sueca também confirmou que fará mudanças na equipe, poupando atletas para a semifinal.

"[Contra o Peru] Estamos preparadas para jogar das duas formas, com três ou quatro jogadoras na linha de trás, a depender de como for o jogo. Espero bastante intensidade. Algumas das jogadoras não vêm jogando, mas vêm treinando e nos preparamos bem para essa partida. Se você está no banco, agora é a vez de brilhar. Espero velocidade de jogo, muitas emoções, muitas chances de gol e retomada de bola quando perdermos a posse", projetou a técnica do Brasil. 

"É importante que elas possam competir internamente pela vaga, que todas as jogadoras que não estão entre as 11 titulares pensem que precisam dar mais de si no próximo treino. Se você consegue criar esse ambiente, torna-se capaz de competir contra qualquer equipe do mundo. A [atacante] Gabi Portilho, por exemplo, fez um ótimo trabalho [na goleada por 4 a 0 sobre a Venezuela], garantindo que aproveitássemos mais a largura do campo do lado direito", complementou Pia.

A provável formação diante das peruanas terá Lorena; Fê Palermo, Kathellen e Letícia Santos; Luana, Duda Sampaio, Duda Santos, Duda Francelino e Gabi Portilho; Geyse e Kerolin.

Adversário definido

O Paraguai será o adversário do Brasil na semifinal da Copa América. Na noite desta quarta-feira, as paraguaias derrotaram o Equador por 2 a 1 em Cali, em confronto direto pela segunda vaga do Grupo B. As atacantes Jessica Martínez e Lice Chamorro marcaram para a Albiroja, enquanto a meia Kerlly Real fez o gol da seleção equatoriana, comandada pela brasileira Emily Lima e que finalizou a competição com três pontos (uma vitória em quatro jogos), na quarta posição da chave.

Com a vitória, o Paraguai foi a nove pontos, em segundo lugar no Grupo B, três pontos atrás da líder Colômbia. A seleção anfitriã encerrou a primeira fase goleando o Chile por 4 a 0 em Armenia, também na quarta. A zagueira Daniela Arias, a lateral Manuela Vanegas, a meia Lia Salazar (que defende o Corinthians) e a atacante Catalina Usme balançaram as redes para as colombianas, que aguardam Argentina ou Venezuela na semifinal. As chilenas, com seis pontos (dois triunfos em quatro partidas), ficaram em terceiro na chave, eliminadas.

As três seleções mais bem colocadas da Copa América asseguram vaga na Copa do Mundo do ano que vem, em Austrália e Nova Zelândia. As duas finalistas garantem lugar na Olimpíada de Paris (França), em 2024.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS