X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Seleção Sub-23 do Brasil terá Reinier, Martinelli e três do São Paulo

| 16/12/2019 16:17 h | Atualizado em 16/12/2019, 16:34

Aliviado pelo resultado positivo, Reinier afirmou que estava tranquilo com a decisão de não servir à seleção.
Aliviado pelo resultado positivo, Reinier afirmou que estava tranquilo com a decisão de não servir à seleção. |  Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O técnico André Jardine anunciou nesta segunda-feira a convocação da seleção brasileira para o Pré-Olímpico, que será realizado na Colômbia no início de 2020, e incluiu nomes que tem se mostrado como promissoras revelações no futebol nacional, como Antony e o Reinier. Mas também incluiu atletas que já atuam fora do País, como Gabriel Martinelli e Douglas Luiz.

O São Paulo foi o clube com mais jogadores convocados por Jardine - três -, sendo eles Antony, Walce e Igor Gomes. O meia, aliás, foi uma das novidades da relação do treinador ma comparação com listas anteriores, assim como o flamenguista Reinier, os zagueiros Gabriel, do Lille, e Robson Bambu, do Athletico-PR, além do atacante santista Yuri Alberto.

Como a competição não faz parte do calendário oficial da Fifa, a CBF tem de negociar a liberação dos jogadores com os seus clubes Com isso, alguns nomes precisaram ficar de fora da lista. O treinador, por exemplo, não chamou atletas que seriam presença óbvia em uma relação sem restrições, como os atacantes Rodrygo e Vinicius Junior, ambos do Real Madrid.

Assim, ainda há o risco de que alguns desses jogadores convocados nesta segunda-feira não sejam liberados pelos seus clubes, embora a CBF tenha destacado que conversou com as equipes antes da divulgação da lista.

Um caso específico envolve Reinier. O flamenguista havia sido convocado para o Mundial Sub-17, mas não foi liberado pelo clube, desfalcando a seleção. Agora, foi lembrado para a equipe que disputará o Pré-Olímpico. Mas como está com seu time para a disputa do Mundial no Catar, não terá 30 dias de ferias se for, de fato, defender a seleção na Colômbia.

Além disso, nove jogadores chamados atuam na Europa, o que pode dificultar a liberação dos atletas. Já os nomes de clubes nacionais - 14 - estarão ainda em período de treinos e no início de temporada, com compromissos apenas pelos campeonatos estaduais.

"A gente acredita que a lista seja definitiva. As competições na Europa ainda estão acontecendo, atletas atuando, outros de férias. A gente torce para que seja definitiva, mas estamos preparados. Construímos uma ideia para não ficarmos presos a jogadores", afirmou Jardine.

O torneio será disputado a partir de 18 de janeiro, sendo que a estreia do Brasil vai ser no dia seguinte, contra o Peru. Na sequência da primeira fase, terá pela frente Uruguai (dia 22), Bolívia (dia 28) e Paraguai (dia 31). Os dois primeiros colocados da chave vão se classificar para o quadrangular final.

Essa etapa decisiva vai ser disputada até 9 de fevereiro, sendo que os dois primeiros colocados vão se classificar á Olimpíada de Tóquio. E a seleção vai iniciar a sua preparação em 3 de janeiro, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde treinará até o dia 15.

Em sua preparação para o Pré-Olímpico, a seleção disputou 11 partidas sob o comando de Jardine, com oito vitórias, um empate e duas derrotas, incluindo a conquista do Torneio Maurice Revello, o tradicional Torneio de Toulon.

Confira a lista de convocados da seleção para o Pré-Olímpico

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG) Ivan (Ponte Preta) e Phelipe (Grêmio).

Laterais-direitos: Emerson (Betis) e Guga (Atlético-MG).

Laterais-esquerdos: Ayrton Lucas (Spartak Moscou) e Caio Henrique (Fluminense).

Defensores: Gabriel (Lille), Ibañez (Atalanta), Robson Bambu (Athletico-PR) e Walce (São Paulo).

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Athletico-PR), Douglas Luiz (Aston Villa), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Wendel (Sporting Lisboa).

Atacantes: Antony (São Paulo), Gabriel Martinelli (Arsenal), Matheus Cunha (RB Leipzig), Paulinho (Bayer Leverkusen), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS