X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Sebastian Vettel revela conversa com Toto Wolff e pensa em retorno para a Fórmula 1


Sebastian Vettel considera voltar para a Fórmula 1 dois aos após ter se aposentado. O tetracampeão mundial revelou conversas com Toto Wolff, diretor da Mercedes, e chefes de outras equipes. A aposentadoria de Vettel veio em 2022, aos 35 anos, depois de 16 temporadas na modalidade.

O possível retorno ganha força por a Mercedes ter uma vaga para 2025, após a confirmação de que Lewis Hamilton vai para a Ferrari. A Red Bull vê o final do contrato de Sergio Perez na atual temporada e pode não renovar com o mexicano, o que abriria uma vaga na escuderia com a qual Vettel conquistou os quatro títulos mundiais.

"Potencialmente estou (no mercado), porque não tenho carro, mas a pergunta é se estou procurando por um. Eu me aposentei para não voltar, mas também disse que nunca se sabe. Tive conversas com ele (Wolff), não exatamente sobre uma vaga. Mas também falei com outras pessoas porque mantenho contato. Tenho alguns projetos e ideias com a Fórmula 1", disse o piloto ao canal britânico Sky Sports News.

"Em termos de desempenho, a Mercedes tem um ótimo histórico, lutando um pouco nos últimos anos, mas depois luta e você ainda está em segundo e terceiro no (campeonato) de construtores, não é como se você estivesse correndo em terra de ninguém", afirmou Vettel sobre a escuderia.

Caso Vettel volte para a modalidade, ele teria 37 anos na próxima temporada. Ainda haveria veteranos mais velhos que ele no grid, como Hamilton, de 39 anos, e Fernando Alonso, de 42. Ele chegou a competir com os dois durante a carreira. O espanhol foi vice-campeão mundial em três dos quatro títulos do alemão (2010, 2012 e 2013).

Duas temporadas depois do último título, Vettel foi para a Ferrari. Agora, ele encara com surpresa a transferência de Hamilton para a escuderia italiana. "Fiquei surpreso, como acho que a maioria de nós. Mas emocionante. Obviamente, ele está em busca de um novo desafio e será diferente vê-lo de vermelho, em uma cor diferente", comentou. Charles Leclerc, que será o companheiro do britânico na Ferrari, já ganhou elogios de Vettel.

A Fórmula 1 continua nesta semana com o GP do Japão. O classificatório será às 3h (horário de Brasília)da madrugada de sábado. A corrida ocorre na madrugada de domingo, às 2h. Max Verstappen, da Red Bull lidera o campeonato com 51 pontos, seguido por Charles Leclec, da Ferrari, com 47. Atrás deles estão Sergio Perez (Red Bulll, com 46 pontos), Carlos Sainz (Ferrari, 40) e Oscar Piastri (McLaren, 28).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: