X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Santos perde 100% de aproveitamento na Série B em derrota para o Amazonas


O Santos perdeu sua invencibilidade na Série B ao ser derrotado por 1 a 0 para o Amazonas, em Manaus, neste sábado. O resultado deixa o time da Vila Belmiro em terceiro lugar na competição. O Amazonas subiu para 14º. O golaço do jogador Ênio definiu o primeiro triunfo do time da região Norte na competição.

O jogo começou com o Santos partindo para cima do Amazonas logo a um minuto. Otero fez bela jogada e lançou Giuliano. O meia dominou na área e tentou driblar Marcão, que conseguiu dar um tapa na bola para salvar o Amazonas.

Aos 4 minutos, JP Chermont foi lançado na direita e tentou passe para Otero, mas a zaga fez o corte e afastou a bola na área do Amazonas. O Santos ficava mais com a bola e tocava entre os defensores buscando um espaço na defesa rival. Os santistas eram cautelosos em adiantar as linhas e pressionar os anfitriões, o que dava certa tranquilidade aos donos da casa.

Tendo o atacante Jô como referência na área, o Amazons tentou incomodar a defesa santista. Aos 9, minutos, em jogada rápida, o experiente centroavante recebeu cruzamento na área e desviou de cabeça. João Paulo se esticou e fez a defesa.

A partir daí, o Amazonas se soltou, ocupando o campo do visitante, que afrouxou a marcação. Aos 16, Xavier arriscou a bomba na cobrança de falta e João Paulo espalmou para escanteio.

Logo na sequência, o atacante Ênio avançou com velocidade até a entrada da área e soltou uma pancada na bola. O chute saiu forte e ainda tocou na parte interna do travessão antes de entrar: 1 a 0 para os donos da casa.

O gol pareceu ter acordado o Santos, que tentou adiantar suas linhas para abafar o Amazonas. Prudente, os mandantes tocaram a bola em seu próprio campo para cadenciar o ritmo e conseguiram controlar o confronto.

O jogo seguiu sem sustos até os 44 minutos. Otero recebeu pela direita e cruzou na área para Morelos. O colombiano cabeceou e Patric evitou o gol. Na sequência, Giuliano tentou de bicicleta e o goleiro do Amazonas salvou. Foi o melhor lance do Santos em todo o primeiro tempo.

O Santos tentou tomar a iniciativa no início da segunda etapa, com os jogadores enfiados no campo do Amazonas. Aos 3 minutos, Tomás Rincón lançou para Rodrigo Ferreira, que dominou na área e empatou, mas a arbitragem marcou impedimento.

O Amazonas dava sinais claros de que pretendia administrar o resultado e se manteve na defesa. Aos 22 o time da casa quase ampliou em chute de Matheus Serafim. Joaquim desviou e quase enganou João Paulo.

Carille até se esforçou para mudar o panorama da partida, completou todas as cinco substituições, mas as mudanças não surtiram efeito. Sem precisão nos chutes, o Santos teve que amargar a primeira derrota na Série B nesta edição da competição. O próximo jogo do Santos será contra a Ponte Preta, em Campinas, nesta quarta-feira às 21h30. Já o Amazonas viaja para encarar o Ceará, em Fortaleza, também nesta quarta-feira, às 21h30.

FICHA TÉCNICA:

AMAZONAS 1 x 0 SANTOS

AMAZONAS - Marcão, Patric, Miranda, Diogo Silva e Fabiano; Wendell (Pará), Guilherme Xavier, Rafael Tavares (Diego Torres), Mateus Serafim (William Barbio), Ênio e Jô (Rubens). Técnico: Adílson Batista.

SANTOS - João Paulo, JP Chermont (Rodrigo Ferreira), Joaquim (William Bigode), Jair Paula e Escobar; João Schmidt (Rincón), Diego Pituca, Giuliano (Weslley Patati), Otero (Patrick), Morelos e Guilherme. Técnico: Fábio Carille.

GOLS - Ênio, aos 16 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jô (Amazonas).

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: