X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Sainz festeja vitória na volta à Fórmula 1: 'A vida às vezes é uma loucura'


Vencedor do GP da Austrália, o espanhol Carlos Sainz, da Ferrari, não escondia sua alegria com seu retorno às pistas apenas duas semanas depois de ficar de fora da corrida da Arábia Saudita com apendicite e passar por uma cirurgia.

O piloto da Ferrari, que aproveitou o abandono precoce de Max Verstappen, com problemas mecânicos, para vencer no Albert Park, classificou seu início de temporada como uma "montanha-russa". "A vida às vezes é uma loucura. O que aconteceu no início do ano, a apendicite, a recuperação, a vitória... É uma montanha-russa. Estou extremamente feliz."

Sainz disse ter se sentindo bem durante a corrida, apesar de algumas dores físicas. "Claro que estou um pouco rígido, principalmente fisicamente. Não foi muito fácil", afirmou o piloto, que acrescentou que as condições da prova o favoreceram, já que não sofreu intensa pressão pela liderança. "Consegui controlar meu ritmo, gerenciar os pneus, gerenciar tudo. Não foi a corrida mais difícil de todas."

Ele disse lamentar o problema de Verstappen. "É uma pena porque acho que teríamos tido uma luta muito boa hoje, mas estou feliz por conquistar a vitória. Ele teve muitas", afirmou. Atual tricampeão da Fórmula 1, Verstappen vem dominando a categoria e tinha nove triunfos seguidos antes da Austrália. Sainz era o último vencedor antes de o holandês iniciar a série. Apesar do abandono na Austrália, o piloto da Red Bull segue na liderança do campeonato com 51 pontos.

A vitória de Sainz o coloca em quarto lugar na classificação, com 40 pontos, após as três primeiras corridas. Entre ele e Verstappen aparecem Charles LeClerc, com 47, e Sergio Pérez, com 46. Entre os construtores, a Red Bull acumula 97 pontos, quatro a mais do que a Ferrari. A próxima etapa da Fórmula 1 é o GP do Japão, no dia 7 de abril.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: