X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Rodrygo critica 'falta de capricho e concentração' da seleção no empate com os Estados Unidos


O atacante Rodrygo apontou a 'falta de capricho' da seleção brasileira nas finalizações no amistoso, desta quarta-feira, em Orlando, diante do Estados Unidos, como o fator principal para o empate por 1 a 1.

"Jogo difícil, a gente quer sempre ganhar, mas por ser preparação, tem que tentar não perder. O time deles nos colocou em dificuldade, mas criamos bastante também, faltou capricho. É seguir assim, treinar forte para chegar bem na Copa América", disse o autor do gol brasileiro.

Outro ponto negativo destacado pelo atleta do Real Madrid foi a falta de concentração da equipe. "Manter concentração até o final, contra o México desconcentramos e tomamos dois gols, hoje também desconcentrou um pouquinho. É estar concentrado até o final. Temos qualidade, vamos criar sempre chances e temos de converter."

Rodrygo, que somou o sexto gol em 23 partidas com a camisa da seleção, fez uma análise geral da preparação do time de Dorival Júnior para a disputa da Copa América.

"É sempre difícil achar o equilíbrio porque a gente está no começo de trabalho. A gente fez os dois amistosos na Data Fifa passada muito bem, então, isso deu um pouco mais de tranquilidade para a gente trabalhar agora. A gente está se entrosando, o time está se encaixando, mas acho que a gente está bem, está indo num caminho bom, estamos criando bastante chances. Agora é chegar na Copa América, essa chance que a gente está criando, converter em gols e melhorar defensivamente também, porque vai ajudar muito", afirmou o atacante.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: