X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Red Bull Bragantino vence fora, continua líder e agrava crise do Ituano


Mesmo com rodízio no elenco por causa da Copa Libertadores, o Red Bull Bragantino venceu mais uma e segue na liderança do Grupo C do Paulistão. Neste sábado, superou o Ituano por 1 a 0 no estádio Novelli Júnior, em Itu, pela 10ª e antepenúltima rodada. O resultado agrava ainda mais a crise do adversário, que segue lutando contra o rebaixamento.

Com a vitória, o time de Bragança Paulista continua na liderança do Grupo C, agora com 18 pontos, seguido por Mirassol (14), Inter de Limeira (13) e Corinthians (10). Todos os adversários ainda entram em campo pela rodada e o time de Limeira tem um jogo a menos, diante do São Paulo.

O Ituano segue com seis, em terceiro do Grupo A, que ainda tem Santos (19), Portuguesa (7) e Santo André (4). O time de Itu está ameaçado pelo rebaixamento, pois ocupa o 14º e antepenúltimo lugar na classificação geral, que define as duas quedas. Na sexta-feira, o clube de Itu demitiu o técnico Marcinho Freitas e o elenco foi comandado pelo auxiliar Douglas Leite neste sábado.

A primeira boa chance foi do Ituano. Zé Carlos recebeu enfiada no meio-campo e poderia arriscar o chute, pois o goleiro estava adiantado. Ele tentou carregar a bola, mas acabou perdendo a corrida para o zagueiro, que se recuperou bem. Na sequência, o Bragantino teve um pênalti marcado, mas após revisão no VAR, o árbitro cancelou a marcação.

Após mais algumas tentativas sem muito perigo do Ituano, o placar foi inaugurado pelos visitantes. Aos 26, após escanteio, a bola ficou viva na área, pelo alto. Thiago Borbas ajeitou de cabeça e Bruninho chutou do jeito que deu, com força e no alto, para marcar.

O placar poderia ter sido ampliado quando o Bragantino encaixou rápido contra-ataque. Borbas recebeu passe da esquerda, dentro da área. Quando dominou, Jefferson Paulino caiu. Mesmo assim, o atacante chutou em cima do goleiro, que salvou o Ituano. No final, o Ituano rondou a área adversária, mas sem grande perigo.

No segundo tempo, os dois times arriscaram chutes, mas todos para fora ou sem força. O Ituano teve uma falta perigosa na direita, mas Zé Carlos parou na barreira. Gustavinho respondeu para o Bragantino, também de falta, mas a bola foi desviada para escanteio.

Juninho Capixaba quase fez o segundo em desvio de cabeça, mas Paulino fez outra grande defesa. Ainda deu tempo para Talisson, do Bragantino, ser expulso após falta violenta. O Ituano cercou a área nos minutos finais com vários cruzamentos, mas a defesa segurou a vitória.

Os dois times voltam a campo no próximo fim de semana pela 11ª rodada. No sábado, às 20h, o Ituano visita a Inter de Limeira no Major Levy Sobrinho, em Limeira. Na última rodada, recebe o São Paulo no Novelli Júnior.

Já o Bragantino recebe o Santos no domingo, dia 3 de março, às 18h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O último adversário será o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas. Na terça-feira, porém, às 21h30, entra em campo pela Libertadores, pelo jogo de volta da segunda fase, diante do Águilas Doradas, da Colômbia, em casa. O primeiro jogo terminou com empate sem gols.

FICHA TÉCNICA:

ITUANO 0 X 1 RED BULL BRAGANTINO

ITUANO - Jefferson Paulino; Léo Oliveira (Marlon), João Vialle, Vitão e Léo Duarte; Miqueias (Salatiel), Aluisio (Gabriel Falcão) e Yann Rolim; Pablo Diogo (Bruno Alves), Vinícius Paiva (Leozinho) e José Carlos. Técnico: Douglas Leite (auxiliar).

RED BULL BRAGANTINO - Lucão; Andrés Hurtado, Douglas Mendes (Luan Cândido), Léo Realpe e Guilherme Lopes; Eric Ramires (Raul), Lincoln (Lucas Evangelista), Bruninho (Juninho Capixaba) e Gustavinho; Thiago Borbas (Talisson) e Laquintana. Técnico: Pedro Caixinha.

GOL - Bruninho aos 26 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - João Vialle e Vitão (Ituano). Juninho Capixaba e Gustavinho (Red Bull Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Talisson (Red Bull Bragantino).

ÁRBITRO - João Vitor Gobi.

RENDA - R$ 34.220,00.

PÚBLICO - 1.416 torcedores.

LOCAL - Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: