X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Red Bull Bragantino supera expulsão no começo e ganha do Juventude com dois gols de Helinho


Com direito ao gol mais rápido desta edição do Campeonato Brasileiro e jogando com um jogador a menos desde os dez minutos do primeiro tempo, o Red Bull Bragantino venceu o Juventude neste sábado por 2 a 1, em partida realizada em Bragança Paulista válida pela nona rodada.

Helinho fez os dois gols do time paulista. O primeiro foi anotado a 1 minuto e 41 segundos do primeiro tempo, sendo o gol mais rápido desta edição da competição. Além disso, foi um golaço. O atacante driblou o marcador com bola entre as pernas e bateu de cobertura, vencendo o goleiro Gabriel. O segundo gol aconteceu aos 37 minutos da etapa final, depois de o time da casa ter sofrido o empate com Mandaca.

O Bragantino saiu na frente, mas teve Jadsom expulso aos dez minutos do primeiro tempo e segurou a pressão adversária para voltar a vencer e se reabilitar na competição, porque vinha de derrota em casa para o Atlético-MG, por 2 a 1. O time paulista, com 15 pontos, está na quinta colocação. O Juventude, que não perdia há quatro partidas, tem dez pontos na 12ª posição.

O primeiro tempo foi movimentado desde o apito inicial do árbitro Emerson Ricardo de Almeida Andrade até o fim. No primeiro minuto, Helinho marcou um golaço para o time da casa. O atacante fez bela jogada individual e encobriu o goleiro Gabriel Vasconcellos.

Com gol logo no começo, o time paulista pensou que a partida seria tranquila. Porém, aos 10, Jadsom cometeu falta ao segurar Marcelinho pela camisa e foi expulso após consulta ao VAR. O árbitro considerou que o defensor era último homem e o atacante do Juventude estava em direção ao gol quando sofreu a falta.

Com a expulsão, o Juventude se lançou ao ataque e aproveitou os espaços deixados pelo time paulista, que tinha a desvantagem numérica em campo. Assim, chegou ao empate aos 24 minutos. Marcelinho recebeu pela esquerda, bateu cruzado e Mandaca apareceu sozinho para tocar para o gol, sem chance para Cleiton.

O Juventude se aproveitava da superioridade numérica, conseguia controlar o jogo e só não foi em vantagem para o intervalo porque parou no goleiro Cleiton em duas oportunidades.

O time visitante voltou para o segundo tempo com a postura que se esperava dele diante da vantagem numérica: pressionando. O Red Bull Bragantino, porém, se defendia bem e tentava encaixar um contra-ataque para buscar o gol da vitória.

O Bragantino ainda correu o risco de perder mais um jogador expulso no segundo tempo. Vitinho, que tinha entrado, cometeu falta em João Lucas. O árbitro consultou o VAR mais uma vez, porém, apenas marcou lateral e nem falta deu.

O panorama da partida não mudou. O Juventude buscava o gol da vitória. Na melhor chance no segundo tempo, João Lucas cruzou para Erick, sozinho na área, mas ele bateu por cima do gol.

O castigo veio um minuto depois. Vitinho fez boa jogada pela esquerda e bateu para defesa atrapalhada de Gabriel. A bola sobrou para Helinho no rebote, que mandou para o fundo do gol. Com a vantagem, o time paulista se segurou até o fim e conquistou a vitória em casa. No final, por reclamação, o técnico Pedro Caixinha acabou expulso.

O Red Bull Bragantino encara, pela décima rodada do Brasileirão, o Palmeiras na quinta-feira (20), às 21h30. O Juventude entra em campo um dia antes, na quarta, quando recebe o Vasco em Caxias do Sul (RS), às 20h.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 2 X 1 JUVENTUDE-RS

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Jadsom, Pedro Henrique, Eduardo e Luan Cândido; Matheus Fernandes (Eric Ramires), Gustavo Neves (Douglas Mendes) e Lucas Evangelista; Helinho (Raul), Henry Mosquera (Nacho Laquintana) e Thiago Borbas (Vitinho). Técnico: Roger Machado.

JUVENTUDE - Gabriel Vasconcellos; João Lucas, Danilo Boza, Rodrigo Sam e Alan Ruschel; Caíque, Luís Oyama (Rildo) e Mandaca (Gabriel Taliari); Lucas Barbosa (Daniel Peixoto), Marcelinho (Ruan) e Gilberto (Erick). Técnico: Roger Machado.

GOLS - Helinho, a 1, e Mandaca, aos 24 minutos do primeiro tempo; Helinho, aos 37 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Nacho Laquintana, Luan Cândido, Cleiton, Lucas Cunha e Pedro Caixinha (Red Bull Bragantino); João Lucas, Marcelinho, Rodrigo Sam, Danilo Boza e Mandaca (Juventude).

CARTÕES VERMELHOS - Jadsom e Pedro Caixinha (Red Bull Bragantino).

ÁRBITRO - Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA).

RENDA - R$ 95.385,00.

PÚBLICO - 3.338 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: