X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Real Madrid confirma saída do capitão Nacho Fernández para futebol saudita


Capitão do Real Madrid na última temporada, que culminou com a conquista da Liga dos Campeões, o zagueiro Nacho Fernández se despediu do clube espanhol nesta terça-feira. O experiente jogador, de 34 anos, encerrou uma trajetória de 23 anos pelo time de Madrid ao acertar contrato com o Al-Qadsiah, da Arábia Saudita.

De acordo com a imprensa espanhola, Nacho tinha a opção de renovar seu vínculo com o Real, mas preferiu aceitar uma proposta polpuda do futebol saudita. O jogador deve receber cerca de 10 milhões de euros (cerca de R$ 58 milhões) por ano no novo clube, que acabou de ser promovido à primeira divisão, segundo o jornal Marca.

"O Real Madrid gostaria de expressar sua gratidão e carinho a Nacho, uma das grandes lendas do nosso clube", afirmou o clube, em comunicado, entre vídeos e fotos em homenagem ao jogador.

Nacho tem sua carreira totalmente ligada ao Real, desde a infância. Ele chegou ao clube em 2001, quando tinha apenas 10 anos. Defendeu todos os times das categorias de base até ser promovido à equipe principal, em 2012.

"Desde que chegou à nossa escolinha, ainda criança, Nacho tem sido um exemplo para todos e tem o carinho, o reconhecimento e a admiração de todos os torcedores do Real Madrid. O Real Madrid é e sempre será a sua casa", comentou o presidente do Real, Florentino Pérez.

No total, foram 364 jogos e 26 títulos: seis troféus da Liga dos Campeões da Europa, cinco do Mundial de Clubes, quatro do Campeonato Espanhol e da Supercopa da Europa, dois da Copas do Rei e cinco da Supercopa da Espanha.

"Nacho encerra sua carreira no Real Madrid como o capitão que levantou a Décima Quinta em Wembley, como um dos cinco jogadores que ganharam seis Liga dos Campeões na história do futebol e com o maior número de títulos na história do nosso clube", escreveu o Real, em comunicado.

O 15º título do Real na Liga dos Campeões foi conquistado no início deste mês, no estádio de Wembley, em Londres, com a vitória sobre o Borussia Dortmund por 2 a 0.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: