X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Prisão de Robinho ganha destaque e tem repercussão na imprensa internacional

Ex-jogador foi condenado a nove anos de prisão por estupro a uma mulher em 2013


O atacante Robinho foi preso em Santos na noite desta quinta-feira, um dia após a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidir pela homologação de sentença do jogador, condenado a nove anos de prisão por estupro a uma mulher albanesa na Itália, em 2013.

A prisão do brasileiro recebeu destaque mundo afora, e jornais estrangeiros repercutiram os desdobramentos do caso. O inglês The Guardian enfatizou a negativa que a defesa levou ao pedir no Supremo Tribunal Federal (STF) um habeas corpus para que o atacante pudesse responder em liberdade. A solicitação foi negada pelo ministro Luiz Fux.

O jornal também citou que Robinho pode cumprir pena no presídio de Tremembé, em São Paulo, que, de acordo com a publicação, é "conhecido por receber celebridades condenadas".

O também britânico BBC relatou que o jogador foi detido em Santos, sua cidade natal, e que a decisão da justiça brasileira foi elogiada por muitos que temiam que ele ficasse livre por causa da fama e da riqueza.

Na Itália, o Gazzetta dello Sport destaca que o "ex-jogador do Milan será encaminhado a uma prisão brasileira". A publicação citou ainda que, após a Justiça de Santos expedir o mandado de prisão, levou apenas algumas horas para que Robinho fosse levado à sede da Polícia Federal (PF) da cidade.

Segundo o jornal, a defesa deve apresentar novo recurso para contestar a sentença, o que pode demorar. "Salvo surpresas, Robinho seguirá preso", disse a publicação.

O Corriere dello Sport, também da Itália, ressaltou que o brasileiro teve o recurso rejeitado pelo STF. "Ele vai para a prisão", afirmou o jornal. No texto, a publicação italiana expôs que o jogador foi encaminhado até a sede da PF de Santos para que, após os trâmites, seja levado a uma penitenciária do estado de São Paulo.

O Daily Mail, da Inglaterra, noticiou o fato de uma maneira diferente, e preferiu ressaltar vários outros casos de futebolistas brasileiros e citar que "estrelas do futebol brasileiro ganharam manchetes pelos motivos errados".

"Robinho pode encarar nove anos de prisão, Ronaldinho foi preso por usar passaporte falso e Hulk se casou com a sobrinha da ex-mulher", disse o portal, que também citou o caso Daniel Alves, condenado por estupro na Espanha.

Nos Estados Unidos, o The Washington Post apontou que Robinho começa a cumprir a pena à qual foi condenado mais de 10 anos depois da acusação.

Além disso, o jornal explicou que o jogador deverá passar as primeiras horas detido em audiência com um juiz e depois ser encaminhado ao presídio. O periódico também comentou a entrevista de Robinho à RecordTV, em que ele alega inocência e diz ter sido vítima de racismo pela justiça italiana.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: