Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Premier League muda critérios do VAR para aumentar número de gols

| 03/08/2021 20:24 h

A Premier League anunciou nesta terça (3) uma mudança no uso das linhas de impedimentos do VAR (árbitro de vídeo) para evitar a anulação de gols por infrações milimétricas.
Segundo o chefe de arbitragem da competição, Mike Riley, as linhas que indicam se um jogador estava em posição irregular serão mais grossas para evitar a anulação de gols por impedimentos com margens muito pequenas.

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2021/08/premier-league-muda-criterios-do-var-para-aumentar-numero-de-gols.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.
Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www1.folha.uol.com.br/esporte/2021/08/premier-league-muda-criterios-do-var-para-aumentar-numero-de-gols.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado. |  Foto: Adrew Yates
Caso os traços que indicam as posições do atacante e do defensor se confundam, o ataque será validado, seguindo o conceito de "mesma linha". "Efetivamente, o que devolvemos ao jogo são 20 gols anulados na última temporada por meio de um escrutínio bastante forense. São as unhas dos pés, o nariz dos jogadores que estavam impedidos. Nesta temporada, eles estarão em posição legal", afirmou Riley.

A regra já entra em vigor a partir da próxima temporada, que começa no dia 13, com a partida entre Brentford e Arsenal. No domingo (15), o atual campeão Manchester City estreia contra o Tottenham.

O chefe de arbitragem informou ainda que os árbitros terão uma nova orientação para avaliar lances para a marcação de pênaltis. Neste caso, o objetivo é evitar penalidades duvidosas, em lances nos quais os atacantes possam ter forçado o contato com os defensores em busca das faltas.

"Os árbitros procurarão o contato e estabelecerão um contato claro, então se perguntarão: esse contato tem uma consequência? O jogador usou esse contato para realmente tentar ganhar um pênalti? Portanto, não é só dizer: 'Sim, há contato' e marcar o pênalti", explicou o dirigente.

A decisão foi tomada depois de uma temporada em que 125 pênaltis foram marcados na última edição da Premier League, um número que a comissão de arbitragem do campeonato considera alto.

Ainda de acordo com Riley, as mudanças tiveram o aval dos atletas que atuam no futebol inglês. "O retorno que recebemos dos jogadores, tanto dos atacantes quanto dos defensores, foi de que todos querem que a marcação de pênaltis se dê somente quando ocorrerem faltas de verdade."

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS