X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Pedra no sapato, croata elimina Sabalenka na estreia em Dubai, Swiatek sobre, mas avança


Atual bicampeã do Aberto da Austrália e número 2 do mundo, Aryna Sabalenka é uma das tenistas mais temidas do circuito por causa de seu jogo agressivo. Mas quando a adversária é Donna Vekic, a história muda. Nesta terça-feira, as tenistas se enfrentaram pela oitava vez na história e a croata ganhou o sexto jogo, derrubando a belarussa logo na estreia do WTA 1000 de Dubai com 6/7 (5/7), 6/3 e 6/0.

A rivalidade começou ainda em 2016, em semifinal na Rússia. Então entre as melhores do ranking, Vekic ganhou por 2 a 1, mesmo placar do duelo desta terça, na qual buscou a virada e surpreendeu ao aplicar um pneu no terceiro e decisivo set.

Segunda favorita em Dubai, Sabalenka viu que não teria vida fácil ao perder o serviço logo no terceiro game. Mas mostrou poder de reação ao devolver logo a quebra e depois ao abrir 5 a 3 aproveitando novo break point.

Bastava confirmar o saque para fechar o primeiro set, porém Vekic voltou a quebrar. A parcial acabou no tie-break e a belarussa foi melhor, fechando em 7 a 5 após abrir 6 a 3. O jogo parecia favorável a Sabalenka após ela abrir 2 a 0 na segunda parcial, com uma quebra.

De repente, tudo mudou e nada mais dava certo à segunda do mundo. Vekic virou a parcial para 3 a 2, ainda houve a igualdade, mas com mais três games seguidos, o jogo foi ao terceiro set após 6 a 3. Soberana, a croata aplicou humilhantes 6 a 0.

Vice-campeã em Dubai em 2023, ao perder a final para a checa Barbora Krejcikova, a líder do ranking, Iga Swiatek, também não teve vida fácil em sua estreia diante da americana Sloan Stephens. A polonesa suou muito para avançar com duplo 6/4 em jogo de duas horas.

Em um primeiro set maluco, foram seis quebras seguidas até o 4 a 4. Iga confirmou o serviço após a sequência imprevisível, e fechou aproveitando novo break point. As tenistas voltaram mais concentradas no segundo set, e trocaram pontos até novo 5 a 4, quando mais uma vez a número 1 do mundo quebrou, desta vez para fechar a partida.

Entre outras favoritas, Elena Rybakina contou com abandono de Victoria Azarenka com 1 a 1 em sets, para avançar. A russa fez 6/4, mas depois de perder por 6/2, desistiu por problemas físicos. Coco Gauff, Jelena Ostapenko e Maria Sakkari confirmaram força e ganharam.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: