X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Palmeiras pode economizar R$ 13 milhões em 2020 por não ter contratado Sampaoli

| 04/06/2020 11:38 h

O Palmeiras poderá ter um gasto menor do que o esperado inicialmente com a sua comissão técnica e economizar até R$ 13 milhões por não ter contratado Jorge Sampaoli. O clube negociou com o argentino, que tinha deixado o Santos após o término do Brasileirão. A pedida era de 4,5 milhões de euros (R$ 20,44 milhões na cotação da época) por toda a temporada -esse valor também incluía gastos com os integrantes da comissão.

Mesmo com uma das maiores receitas entre os clubes do país, o Palmeiras não quis fazer a alta aposta no treinador estrangeiro. Vale destacar, também, que os custos seriam congelados pela cotação da época -o salário de Sampaoli e dos seus colegas não seria em moeda estrangeira.

Imagem ilustrativa da imagem Palmeiras pode economizar R$ 13 milhões em 2020 por não ter contratado Sampaoli

Apesar de também ser valorizado no mercado da bola, Vanderlei Luxemburgo aceitou uma oferta mais modesta do que a do argentino. O treinador recebe um salário mais de duas vezes menor do que Sampaoli, e os valores gastos com os demais integrantes da comissão técnica brasileira também são mais baixos quando comparados aos dos estrangeiros.

Com Sampaoli, o Palmeiras também teria gastos com passagens aéreas para o treinador visitar os familiares. Em sua pedida, o técnico ainda pediu um percentual em conquistas do clube.

Sem entrar em acordo com o Palmeiras, o treinador acabou acertando com o Atlético-MG. Em Minas Gerais, Sampaoli recebe salário de R$ 1,2 milhão. O clube é responsável por arcar com R$ 500 mil e o restante fica a cargo da MRV Engenharia, patrocinadora do clube.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS