Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Órgão que regula o futebol altera regra sobre mão na bola

| 05/03/2021 22:08 h

Árbitro Enrique Cáceres teve atuação confusa no jogo
Árbitro Enrique Cáceres teve atuação confusa no jogo |  Foto: Getty Images/Fifa

Durante a reunião anual da IFAB , órgão que regula a as regras do futebol, que aconteceu nesta sexta, ficou decidido que a regra sobre a mão na bola será alterada. As novas medidas começam a valer a partir de 1º de julho deste ano.

A maior mudança é em relação ao toque acidental na mão ou no braço que leva um companheiro de equipe a marcar um gol ou a ter a oportunidade de fazer um gol. Isto não será mais considerado uma infração. As informações são do jornal O Dia.

Os membros que fazem parte do órgão confirmaram que nem todo toque no braço ou na mão de um jogador com a bola pode ser considerado uma infração.

"Em termos do critério da mão ou do braço tornar o corpo de um jogador 'anormalmente maior', foi confirmado que os árbitros devem continuar a usar seu julgamento para determinar a validade da posição da mão ou do braço em relação ao movimento do jogador naquela situação específica", disse em nota a IFAB.


NOVA REGRA


Desta forma, é uma infração de mão na bola se um jogador:

  • Tocar a bola deliberadamente com a mão ou braço, por exemplo, movendo a mão ou o braço em direção à bola;
  • Tocar a bola com a mão ou com o braço quando isso torna seu corpo anormalmente maior. Considera-se que um jogador deixou seu corpo anormalmente maior quando a posição de sua mão ou braço não é uma consequência do movimento corporal do jogador para aquela situação específica. Por ter sua mão ou braço em tal posição, o jogador corre o risco de sua mão ou braço ser atingido pela bola e ser penalizado;
  • Marcar um gol diretamente da mão ou do braço, mesmo que acidental, inclusive pelo goleiro
  • Marcar um gol imediatamente após a bola tocar sua mão ou seu braço, mesmo que acidentalmente.
Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS