X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Norris brilha no fim e lidera treino livre curto do GP do Canadá atrapalhado pela forte chuva


Lando Norris, da McLaren, precisou de apenas uma volta rápida, já no fim, para fechar no topo do primeiro treino do GP do Canadá, atrapalhado e reduzido por causa da forte chuva em Montreal, e que ainda ficou paralisado com bandeira vermelha. Carlos Sainz e Charles Leclerc, da Ferrari, completaram as três melhores colocações.

Um ano após ter seu primeiro treino livre cancelado por causa de problemas no sistema de câmeras do circuito Gilles Villeneuve, mais uma vez o GP do Canadá veio sob problemas. Desta vez, porém, com a pista molhada por causa da forte chuva. A organização manteve o horário, mas sob bandeira amarela, impedindo a saída dos carros dos boxes enquanto funcionários usavam bombas para tirar a água parada. Um trator também foi utilizado.

A tomada de tempos começou já com mais da metade do tempo corrido e, após dois minutos de caros na pista, a bandeira vermelha foi acionada, loco após Guanyu Zhou bater de leve no muro. Quem conseguiu marcar a melhor volta até então foi Valtteri Bottas, da Sauber, com 1min33s215. Após breve paralisação e sob chuva fina, a tomada de tempos retomou.

E as Ferraris aproveitaram bem para assumir as duas primeiras colocações, com Carlos Sainz (1min27s485) e Charles Leclerc (apenas 0s075 do companheiro), vice líder do Mundial de Pilotos e empolgado após ganhar o GP de Mônaco, há duas semanas. Bottas caiu para terceiro, mas somente 0s185 de distância.

Mesmo com a melhora da pista nos cinco minutos finais, muitos pilotos optaram por não se arriscar e chegaram à reta final da atividade sem tempo. Outros andaram com menos velocidade sob o temor de rodar ou mesmo bater.

Com o cronômetro zerando, Lando Norris pisou fundo no acelerador e cravou o melhor tempo do conturbado dia, com 1min24s435. As Ferraris vieram logo após, melhorando seus tempos e mantendo Sainz na frente de Leclerc, com Lewis Hamilton em quarto e o holandês Max Verstappen em quinto.

Confira o resultado final do 1º treino livre do GP de Mônaco:

1º - Lando Norris (ING/McLaren), 1min24s435

2º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Ferrari), 1min24s763

3º - Charles Leclerc (MON/Ferrari), 1min25s306

4º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min25s970

5º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min26s502

6º - Oscar Piastri (AUS/McLaren), 1min26s764

7º - Pierre Gasly (FRA/Alpine), 1min27s584

8º - Valtteri Bottas (FIN/Kick Sauber), 1min27s670

9º - Sergio Pérez (MEX/Red Bull), 1min28s058

10º - George Russell (ING/Mercedes), 1min28s541

11º - Daniel Ricciardo (AUS/RB), 1min28s582

12º - Yuki Tsunoda (JAP/RB), 1min28s723

13º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min29s052

14º - Nico Hülkenberg (ALE/Haas), 1min32s826

15º - Fernando Alonso (ESP/Aston Martin), 1min33s411

16º - Logan Sargeant (EUA/Williams), 1min36s586

17º - Lance Stroll (CAN/Aston Martin), 1min40s530

18º - Guanyu Zhou (CHN/Kick Sauber), sem tempo

19º - Jack Doohan (AUS, Alpine), sem tempo

20º - Alexander Albon (TAI/Williams), sem tempo

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: