X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Mirassol empata no último minuto e agrava crise do Ituano no Paulistão


O Ituano segue em crise no Campeonato Paulista. Na noite desta quarta-feira, o time de Itu recebeu o Mirassol no Novelli Júnior, abriu o placar aos 40 minutos do segundo tempo, mas viu os adversários empatarem por 1 a 1 aos 50. O gol da equipe mandante foi anotado por Pablo Diogo, enquanto Isaque fez o do Mirassol.

Com o resultado, o Ituano, que marcou apenas seu segundo gol na competição, chegou a cinco pontos e não vence há seis partidas. Apesar disso, está na vice-liderança do Grupo A, atrás somente do Santos. Isso porque Portuguesa e Santo André estão na mesma chave com três pontos cada. A dupla ocupa as 15ª e 16ª posições, formando a zona de rebaixamento da classificação geral, que define os dois rebaixamentos. O Ituano, que emitiu comunicado oficial bancando o técnico Marcinho Freitas na última semana, aparece logo acima, em 14º lugar.

Do outro lado, o Mirassol chegou a 11 pontos e pulou para a vice-liderança do Grupo C, com a mesma pontuação do líder Red Bull Bragantino e um a mais do que a Inter de Limeira, terceira colocada. Os adversários, porém, ainda entram em campo. A chave ainda conta com o Corinthians, com seis pontos.

O duelo em Itu começou com muito estudo entre os adversários, mas foi dominado pelos visitantes. A primeira grande chance foi de Chico Kim, que parou em linda defesa de Jefferson Paulino após rebote da defesa, em jogada de Negueba.

Aos 33, foi a vez de Dellatorre mandar a bola para a rede, mas de maneira irregular, em impedimento confirmado pelo VAR. Aos 45, Luiz Otávio acertou o travessão após cobrança de escanteio. Aos 46, o Mirassol teve sua última chance na primeira etapa com Dellatorre, que só não marcou porque Vialle salvou em cima da linha.

A segunda etapa começou com o mesmo domínio do Mirassol, que também continuou errando as definições finais de jogadas. A primeira grande chance veio do Ituano, que quase abriu o placar com Zé Carlos, aos seis minutos. O atacante bateu de fora e parou em Muralha.

Após um longo período de pressão dos visitantes, que não chegaram com objetividade, o Ituano teve mais uma chance com Marlon, que aos 27 arriscou e Muralha defendeu novamente. O paredão fez mais uma boa defesa aos 39, em chute colocado de Léo Duarte, mas não conseguiu evitar completamente o ataque do Ituano.

Aos 40, Léo Duarte cruzou na cabeça de Pablo Diogo, que apenas empurrou para o gol e abriu o placar para o time de Itu. Aos 44, mais um herói do Ituano apareceu. Em bate e rebate na área, Jefferson Paulino pegou três vezes e poderia ter garantido a vitória.

A crise do Ituano parecia que ganharia um alívio, mas isso não aconteceu. Aos 50 minutos, nos últimos instantes, a bola sobrou na entrada da área para o meia Isaque, que chutou no canto e definiu o placar do duelo em 1 a 1.

Os dois times voltam a campo no sábado pela nona rodada. Às 18h, o Mirassol recebe o Botafogo no José Maria de Campos Maia, em Mirassol. Mais tarde, às 20h, o Ituano visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

ITUANO 1 X 1 MIRASSOL

ITUANO - Jefferson Paulino; Léo Oliveira (Léo Duarte), João Vialle, Vitão e Jonathan Silva; Miqueias (Marcel), Aluisio, Bruno Alves (Vinicius Paiva) e Eduardo Person; Marlon (Pablo Diogo) e José Carlos (Salatiel). Técnico: Marcinho Freitas.

MIRASSOL - Alex Muralha; Wesley, Lucas Gazal, Luiz Otávio (Wanderson) e Warley; Gabriel (Isaque), Danielzinho e Chico Kim; Fernandinho (Everton Bala), Negueba (Diego Gonçalves) e Dellatorre (Mário Sérgio). Técnico: Mozart

GOLS - Pablo Diogo, aos 40, e Isaque, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Thiago Luis Scarascati.

CARTÕES AMARELOS - Léo Oliveira e Vinicius Paiva (Ituano). Gabriel (Mirassol).

PÚBLICO - 1.197 torcedores.

RENDA - R$ 26.470,00.

LOCAL - Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: