X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Luisa Stefani cai nas mistas, mas vence nas duplas femininas na Austrália; Djokovic avança


A tenista brasileira Luisa Stefani finalizou esta sexta-feira com uma vitória e uma derrota no Aberto da Austrália. A medalhista olímpica avançou nas duplas femininas em Melbourne, mas foi eliminada logo na estreia na chave mista, ao lado do compatriota Rafael Matos. A dupla brasileira é a atual campeã desta chave no Major australiano.

Nas duplas femininas, ela e a holandesa Demi Schuurs superaram as americanas Caroline Dolehide e Peyton Stearns por 7/6 (9/6), 4/6 e 7/5. Nas oitavas de final, Luisa e Demi, que formam a dupla cabeça de chave número nove, vão enfrentar a americana Desirae Krawczyk e a japonesa Ena Shibahara, cabeças número seis.

Em três edições do Aberto da Austrália, será a terceira vez que Luisa alcança as oitavas das duplas femininas. A brasileira havia disputado a competição pela última vez em 2021. Em 2022 e no ano passado, ela ficou fora por questões físicas dela e de parceiras. Curiosamente, em sua última participação no torneio, ela foi eliminada justamente pela dupla de Shibahara, que na época formava dupla com a compatriota Shuko Aoyama.

Pelas duplas mistas, Luisa não teve o mesmo desempenho. Ela e Matos foram derrotados pelos britânicos Heather Watson e Joe Salisbury por 6/3 e 6/4. Juntos, eles foram campeões das mistas na temporada passada.

Pela mesma chave, Marcelo Melo também foi eliminado, se despedindo da competição. O veterano e a americana Taylor Townsend foram derrotados pelo britânico Lloyd Glasspool e pela russa Veronika Kudermetova por 7/6 (8/6), 5/7 e 11/9. Ele já havia sido eliminado nas duplas masculinas.

CHAVES DE SIMPLES

Grande favorito ao título, Novak Djokovic avançou às oitavas de final ao superar o argentino Tomas Martin Etcheverry por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 7/6 (7/2). Foi a melhor partida do sérvio nesta edição do Aberto da Austrália até agora. Seu próximo adversário será o experiente francês Adrian Mannarino, que despachou o jovem americano Ben Shelton em cinco sets: 7/6 (7/4), 1/6, 6/7 (2/7), 6/3 e 6/4.

Ao entrar em quadra nesta sexta, o número 1 do mundo voltou a fazer história. Ele se tornou o primeiro tenista a atingir a marca de 100 jogos em cada um dos quatro Grand Slams do circuito. Em Melbourne, agora são 92 vitórias em 100 confrontos. Ele tem 103 jogos em Wimbledon, 108 em Roland Garros e 101 no US Open.

De quebra, Djokovic alcançou a marca de 31 vitórias consecutivas no Aberto da Austrália. Ele não perde desde a edição de 2018. Desde então, foi campeão em 2019, 2020, 2021 e 2023 - em 2022, não competiu porque foi deportado por ter entrado no país sem comprovante de vacinação contra a covid-19.

Além de Djokovic, os demais favoritos não decepcionaram nesta sexta. O italiano Jannik Sinner (4º cabeça de chave) desbancou o argentino Sebastian Baez por 6/0, 6/1 e 6/3. Ele enfrentará nas oitavas o russo Karen Khachanov (15º), que eliminou o checo Tomas Machac por 6/4, 7/6 (7/4), 4/6 e 7/6 (7/5).

Outro duelo das oitavas terá o grego Stefanos Tsitsipas (7º) e o americano Taylor Fritz (12º). Tsitsipas avançou ao superar o francês Luca van Assche por 6/3, 6/0 e 6/4. Fritz despachou o húngaro Fabian Marozsan por 3/6, 6/4, 6/2 e 6/2.

O russo Andrey Rublev (5º), algoz do brasileiro Thiago Wild na estreia, vai encarar o local Alex de Minaur (10º). O primeiro superou o americano Sebastian Korda (29º) por 6/2, 7/6 (8/6) e 6/4. De Minaur, por sua vez, derrotou o italiano Flavio Cobolli por 6/3, 6/3 e 6/1.

Na chave feminina, a atual campeã Aryna Sabalenka (2ª) obteve sua maior vitória do torneio até agora. A tenista de Belarus aplicou uma "bicicleta" na ucraniana Lesia Tsurenko (28ª): 6/0 e 6/0. A vitória em apenas 52 minutos foi uma das maiores performances deste Aberto da Austrália.

Nas oitavas de final, ela vai encarar a americana Amanda Anisimova, que eliminou a experiente espanhola Paula Badosa por 7/5 e 6/4.

Atual campeã do US Open, a americana Coco Gauff (4ª) também se garantiu nas oitavas em Melbourne. Ela despachou a compatriota Alycia Parks por 6/0 e 6/2. Na sequência, enfrentará a polonesa Magdalena Frech, que venceu a russa Anastasia Zakharova por 4/6, 7/5 e 6/4.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: