X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Lucas Veríssimo se despede do Corinthians com um 'até breve' e dispara: 'A verdade prevalecerá'


A caminho do Al Duhail, do Catar, o zagueiro Lucas Veríssimo fez uma postagem nas redes sociais para se despedir do Corinthians. Criticado por parte dos torcedores pela forma que deixou a equipe, o defensor agradeceu pela oportunidade, mas não quis revelar os reais motivos que o fizeram aceitar uma oferta do exterior. Ele ainda usou uma citação bíblica para deixar claro a sua insatisfação com alguém de dentro do clube.

"Jogar e viver o Corinthians não é para qualquer um. Tenho certeza que a verdade prevalecerá. Jeremias 17:5 (Maldito homem que confia no homem)", disse o zagueiro em tom que pode ser considerado direcionado ao presidente Augusto de Melo, que disparou contra o atleta em seu discurso para explicar a perda de um dos pilares do técnico Mano Menezes.

"O jogador estava contratado, era nosso, faltava assinar. Ficou enrolando a gente para assinar, nós não vamos dobrar o salário, não vamos pagar 1 milhão de euros a mais. A gente iria pagar 8 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões). É um atleta que colocamos na Seleção Brasileira, não vamos fazer leilão. Tentamos consertar um contrato da gestão passada. O Corinthians não vai mais servir de intermediário a ninguém, se quiser, o atleta vem com o passe estipulado. O Corinthians não vai ser mais trampolim. Tentamos, de certa forma, consertar um contrato mal-feito. O jogador veio lesionado, nós colocamos ele na vitrine e ele vai embora de graça. Eu não vou mais aceitar isso, acabou. Independente de executivo, não foi uma falha nossa. Não teve ingenuidade nossa", disparou o presidente.

Além de insinuar um conflito interno com alguém do clube, Veríssimo agradeceu por sua passagem no Corinthians e indicou uma possibilidade de retornar no futuro. "Chegou a hora de dizer até breve. Defender o Corinthians foi uma grande honra, na qual vou guardar para sempre comigo. Foi também a decisão mais rápida e acertada que já tomei ao longo da minha carreira profissional. Realizei um sonho vestindo esta camisa. Ver a Fiel lotando a Arena e empurrando o time foi algo surreal e levarei para sempre comigo. Procurei dar sempre o meu melhor por esse clube. Empenho, dedicação e entrega nunca faltaram. Afinal, jogar no Corinthians é isso. Só posso agradecer todo apoio desde a primeira ligação que recebi para falar sobre esse grande desafio. Do primeiro dia no clube, desde funcionários, comissão técnica e companheiros, fui muito bem acolhido por todos. Além da torcida, que sempre me tratou com respeito e muito carinho", afirmou.

O Corinthians havia alinhado um acordo com o Benfica por 8 milhões de euros (R$ 43 milhões) por quatro anos de contrato e aguardava a assinatura por parte do staff do atleta. Enquanto isso, Lucas Veríssimo continuou treinando no clube e seria titular na estreia do Paulistão, diante do Guarani. No entanto, a oferta da equipe catari acabou mudando os planos do atleta, que optou por deixar o futebol brasileiro.

A proposta do Al-Duhail foi de 9 milhões de euros (cerca de R$ 48,4 milhões), convencendo o Benfica e o jogador. O zagueiro de 28 anos, revelado pelo Santos, fez 18 jogos com a camisa alvinegra na temporada passada e marcou um gol.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: