X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Larcamón admite 'ano difícil com Cruzeiro' e revela: 'Objetivo é ser campeão'


A vitória por 3 a 1 sobre o Tombense, neste sábado, pela semifinal do Campeonato Mineiro, tirou um peso das costas do técnico Nicolás Larcamón. A expressão de alívio por ter conseguido levar o Cruzeiro à decisão do Estadual estava evidente no rosto do treinador durante a coletiva de imprensa. Empolgado, ele não escondeu que o objetivo é levar a equipe ao título.

"Foi um dos principais objetivos deste início de temporada. Fazer uma boa competição e somos a primeira equipe na final. A situação interna do plantel é que todos os jogadores estão trabalhando da melhor maneira. E agora vem a parte quente da temporada e esperamos estar preparados para o que vem pela frente. É preciso que todos os jogadores tenham essa fome que estão mostrando", afirmou.

O treinador admitiu que o ano de 2023 foi muito difícil e garantiu um Cruzeiro pronto para o seu primeiro grande desafio na temporada. "Sinceramente, fico muito feliz pelo trabalho dos jogadores. Não só a boa notícia que é estar nessa final, mas que vamos fechar na nossa casa. Esperamos fazer uma boa preparação e depois ver o que vai ser o primeiro jogo e depois o jogo final. O objetivo é ser campeão. Nossos jogadores merecem e a nossa torcida também. Ser campeão depois de um ano difícil será muito lindo", disse.

Larcamón lamentou o fato de ter que disputar a Copa Sul-Americana em meio às finais e prevê muita dificuldade para o Cruzeiro. "A gente está preparado. A gente tem que esperar para ver quem finalmente vai se classificar. A preparação para a final não tem a ver com quem se enfrenta. Vai ser uma final que vai exigir muito, porque serão jogos em que a estreia na Sul-Americana acontecerá no meio deles", finalizou.

O Cruzeiro enfrentará na final o vencedor de Atlético e América, que se enfrentam neste domingo, às 19h, na Arena Independência. No jogo de ida, a equipe alvinegra venceu por 2 a 0. Na decisão, por ter a melhor campanha, o Cruzeiro decidirá o título em casa, no Mineirão, independentemente do adversário.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: