X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Juan Santos assume o cargo de coordenador técnico da seleção brasileira


Juan Santos é o novo coordenador técnico da seleção brasileira. O ex-zagueiro do Flamengo vai trabalhar com o coordenador executivo geral Rodrigo Caetano, e com o técnico Dorival Júnior, que realizou nesta sexta-feira sua primeira convocação à frente do selecionado.

Juan, que assinou contrato ao lado do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, vai iniciar seus trabalhos para a preparação dos dois amistosos que o Brasil vai disputar na Europa. No dia 23, enfrenta a Inglaterra, no Estádio de Wembley, em Londres, e no dia 26, a Espanha, no Santiago Bernabéu, em Madri.

Juan iniciou a carreira nas categorias de base do Flamengo e se tornou um dos grandes zagueiros da história do clube, onde atuou de 1996 a 2002 e conquistou os Campeonatos Cariocas de 1999, 2000 e 2001, além da Mercosul de 1999 e da Copa dos Campeões de 2001.

Em 2002, o zagueiro se transferiu para o Bayer Leverkusen (ALE), onde jogou até 2007. Na seleção, foi convocado para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e sagrou-se campeão da Copa América (2004 e 2007) e da Copa das Confederações (2005).

Juan foi contratado pela Roma (ITA) em 2007 e jogou pela equipe até 2012. Neste período voltou a servir a seleção, sendo mais uma vez campeão da Copa das Confederação, em 2009, além de disputar uma Copa de 2010, na África do Sul.

Ao retornar ao Brasil, Juan jogou no Internacional entre 2012 e 2015 e encerrou a carreira após uma segunda passagem pelo Flamengo, de 2016 a 2019. Logo em seguida, Juan assumiu a função de gerente técnico do Flamengo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: