Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Jogo de Atlético-MG x Cruzeiro terá tecnologia para combater violência

Ferramenta foi desenvolvida entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais e a empresa Biomtech

Agência Estado | 04/03/2022 16:00 h | Atualizado em 04/03/2022, 17:18

Clássico mineiro acontece no próximo domingo (06) e contará com tecnologia contra atos de violência.
Clássico mineiro acontece no próximo domingo (06) e contará com tecnologia contra atos de violência. |  Foto: Gustavo Aleixo/ Cruzeiro.

O futebol brasileiro viveu cenas lamentáveis de violência já neste início de ano. Ônibus apedrejados de Bahia e Grêmio, brigas em partidas pelos campeonatos estaduais e um torcedor que invadiu o campo com uma faca em jogo pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Para combater episódios violentos, o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, neste domingo, às 18h, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro, contará com uma tecnologia que fará o reconhecimento facial de torcedores que cometerem atos ilícitos.

A ferramenta foi desenvolvida entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais e a empresa Biomtech para fazer o controle de comparecimento periódico dos presos em regime aberto. Recentemente, a companhia foi procurada pelo Juizado do Torcedor para expandir a tecnologia para eventos esportivos.

"Todo torcedor que esteja no estádio ou ao redor dele e for pego praticando qualquer ato ilícito, seja briga ou qualquer tipo de vandalismo, vai ser encaminhado para a delegacia do estádio e ali será feito seu cadastro facial. Ele vai receber uma pena, aí precisa comparecer ao fórum no intervalo de cada partida do seu time e fazer o reconhecimento para que se tenha a certeza de que não está frequentando o estádio no momento do jogo", explica o diretor comercial da Biomtech, Juliano Costa. 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS