X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Hulk minimiza jejum de gols no Atlético-MG: 'Importante é todos estarem bem e logo marcarei'


Hulk ainda não marcou gols no Brasileirão de 2024 e está há 10 jogos sem balançar as redes no Atlético-MG. Apesar do incômodo jejum na temporada, algo raro no clube, o atacante mostra serenidade para garantir que não está perdendo o sono por causa disso. E explica que vem fazendo um papel tático para ajudar e celebra que o time e os companheiros vêm bem e garantindo triunfos para a equipe.

"Hoje eu falo que tenho de jogar bem, porque farei a diferença. E estou tentando desfrutar tudo, contra o Sport foram três bolas minhas na trave. Mas eu falo: 'uma hora vai entrar, estou fazendo o meu trabalho'. É normal para a massa me ver marcando gols, estou buscando e vão começar a entrar", afirmou, à GaloTV.

O ídolo da torcida preferiu elogiar o elenco e celebrar a boa fase dos companheiros. Apesar de vir de derrota para o Peñarol na Libertadores, o time já está garantido nas oitavas e começou bem no Brasileirão.

"Eu não estou marcando, mas Vargas, Paulinho, Zaracho, Scarpa estão, então o mais importante é que nossos jogadores estão bem. Toda estrutura tem de estar bem, mesmo quem não vem fazendo gol. E para a gente (da frente), é bom, porque na maioria das vezes, estaremos decidindo mais", disse. "Amanhã, o técnico fecha o olho, escala esse e está bem, aquele está bem... Importante ter um plantel além de bom, que está confiante. As coisas ficam mais fáceis de acontecer."

Na quarta-feira, o Atlético-MG visita o Sport pela terceira fase da Copa do Brasil e Hulk espera desencantar. No primeiro jogo, os mineiros fizeram 2 a 0. Desde a conquista do pentacampeonato mineiro, com 3 a 1 sobre o arquirrival Cruzeiro, que ele não anota.

Prestes a completar 38 anos, o atacante já é questionado sobre o futuro e ele garante que jamais abandonará o Atlético-MG, mesmo após a aposentadoria. "Não estarei em campo, mas no estádio, diante da TV e junto da massa assistindo. O Galo não sai de mim, vê meu pai. Depois do Galo Doido é ele (torcedor mais fanático), temos um laço forte. Quando não jogo bem, fico muito chateado comigo mesmo. Quero sempre dar mais", enfatizou.

"Clube que vai estar no meu dia a dia pós-futebol sem dúvida. Tenho carinho, respeito e gratidão por todo o reconhecimento. Joguei no Japão, China, Portugal e Rússia, saí pela porta da frente, e é gratificante esse carinho e respeito pelo ser humano, pela pessoa. Sei que vou sofrer quando me aposentar aqui."

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: