X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Hamilton lamenta pior começo de carreira na Fórmula 1: 'Difícil para o espírito'


Negociado com a Ferrari para a próxima temporada da Fórmula 1, Lewis Hamilton planejava um 2024 de despedida honroso na Mercedes. Mas nada parece dar certo ao piloto britânico, que lamentou não apenas o abandono no GP da Austrália, no domingo, como seu pior início de ano na competição.

Depois de ficar para trás nas duas primeiras provas da temporada, ele abandonou na volta 17 na Austrália por causa de um problema mecânico. Justamente em prova que o holandês Max Verstappen abandonou e no qual poderia brigar por pódio.

"Este é o pior início de temporada que já tive", admitiu Hamilton. Questionado se a temporada era pior que nos dois últimos anos, ele foi além. "Ah, sim, com certeza, e é pior do que 2009, eu acho", admitindo que "está se sentindo desanimado", em 2024 por não conseguir acertar nada. No circuito de Albert Park, o piloto da Mercedes não conseguiu sequer chegar no Q3, para disputar a pole position.

O melhor resultado de Hamilton até agora foi uma sétima posição no GP do Bahrein e, agora, ele abandona na Austrália após problemas no motor. Na pré-temporada, o ânimo de Hamilton estava revigorado após ele ver muita evolução no W15. Ocorre que bastaram as corridas começarem para toda a confiança desaparecer.

"É difícil para o espírito", admitiu o frustrado piloto de 39 anos. "Acho que para todos na equipe, após tanto trabalho ter sido feito durante todo. Estávamos animados, confiantes e motivados... Você está com a mentalidade de que estará lutando por vitórias, e obviamente esse não é o caso."

Além de Hamilton, o companheiro Gerge Russel também acabou não pontuando na Austrália após sofrer uma colisão. Eles buscarão a volta por cima no dia 7 de abril, quando ocorre o Grande Prêmio do Japão, em Suzuka.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: