X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Grêmio diz que vai à CBF para buscar anulação de empate com o São Paulo. Veja os lances da partida

| 19/10/2020 08:42 h | Atualizado em 19/10/2020, 09:05

O Grêmio afirmou no domingo (18) que pedirá à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) a anulação da partida contra o São Paulo, realizada no último sábado (17), no Morumbi, que terminou 0 a 0, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O clube gaúcho deixou a capital paulista revoltado com a arbitragem de Rafael Traci, reclamando de pelo menos dois pênaltis que não teriam sido marcados e a não expulsão de Daniel Alves em falta sobre o atacante Luiz Fernando, que deixou o campo machucado.

Além do que considera ter sido uma atuação ruim, a diretoria gremista não gostou sobretudo do fato de que Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, discutiu erros de arbitragem contra o clube paulista com dirigentes da CBF durante a semana.

Partida ficou empatada
Partida ficou empatada |  Foto: Reprodução/ SporTV/ Premiere

A conversa de Raí com a entidade aconteceu após Leonardo Gaciba, presidente do comitê de arbitragem da entidade, ter declarado que houve erro prejudicial ao time do técnico Fernando Diniz na derrota por 3 a 0 para o Atlético-MG, na 7ª rodada.

Na ocasião, Rafael Traci comandou o VAR e, segundo Gaciba, errou no traçado da linha que mostrou impedimento do atacante Luciano, do São Paulo, que teve gol anulado quando o jogo ainda estava 0 a 0.
Após a reclamação do São Paulo, houve mudança na escala de profissionais que atuaram no jogo com o Grêmio.

"Equívocos, descritérios, erros e a omissão do VAR em lances capitais da partida colocam a arbitragem brasileira sob suspeição", afirmou Romildo Bolzan Júnior, presidente do Grêmio, ao site do clube.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS