X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fortaleza vence Clássico-Rei outra vez e garante título cearense

| 22/10/2020 08:33 h

O Fortaleza é bicampeão cearense. Na quarta-feira (21), o Leão do Pici venceu o Ceará por 1 a 0 na Arena Castelão, com gol do lateral Tinga, conquistando o título estadual pela 43ª vez na história.

O time comandado por Rogério Ceni foi a campo com a vantagem de ter vencido a partida de ida, no último dia 30, por 2 a 1. O Tricolor poderia até perder por dois gols de diferença que levaria o título. Ao Ceará de Guto Ferreira, só uma vitória por dois gols ou mais serviria. Mesmo que o Alvinegro igualasse o placar agregado, em caso de triunfo por um gol, o rival ficaria com a taça, por ter campanha melhor.

A primeira etapa foi movimentada, com quase tudo que se espera de um clássico decisivo. Claro, com a ressalva de vivermos a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Ou seja, sem público. Equilíbrio? Teve. Discussão? Também, com direito a cartão amarelo para um atleta do Fortaleza que nem em campo estava: o meia Mariano Vázquez saiu do banco para discutir com o lateral Eduardo, do Ceará, e foi punido.

Fortaleza venceu o Palmeiras por 2 a 0
Fortaleza venceu o Palmeiras por 2 a 0 |  Foto: Reprodução/ SporTV/ Premiere

O que não teve foi gol, mas não por falta de oportunidade. Principalmente do Vozão, que acertou duas bolas na trave. Primeiro com o meia Vina, depois com o atacante Rafael Sóbis. A melhor chance do Leão foi travada com precisão pelo zagueiro Luiz Otávio, que cortou um cruzamento do atacante Romarinho e impediu que o também atacante David recebesse a bola sem goleiro, e quase debaixo do travessão.

Precisando de dois gols, o Ceará intensificou a pressão no segundo tempo, mas pecou na conclusão das jogadas. Na máxima do “quem não faz, toma”, o Fortaleza abriu o placar aos 15 minutos, com Tinga, em lance de bate-rebate, após cruzamento do atacante Yuri César. O gol foi uma ducha de água fria no Alvinegro, que não conseguiu mais agredir o rival e ainda perdeu o meia Leandro Carvalho expulso antes do apito final.

O Fortaleza passa a se preocupar com a Copa do Brasil. No próximo domingo (25), o Leão visita o São Paulo às 20h30 (horário de Brasília), no jogo de volta do confronto das oitavas de final. Um dia antes, às 19h, o Ceará vai a campo pela Série A do Campeonato Brasileiro contra o Coritiba, pela 18ª rodada da competição.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS