X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fluminense vira, mas cede empate ao Santos em jogo movimentado na Vila

O time alvinegro praiano abriu o placar no primeiro tempo, com Luiz Felipe, levou a virada na etapa final

Agência Folhapress | 02/08/2022 08:03 h

Imagem ilustrativa da imagem Fluminense vira, mas cede empate ao Santos em jogo movimentado na Vila
 

Santos e Fluminense empataram por 2 a 2, na Vila Belmiro, na noite desta segunda-feira (1º), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro praiano abriu o placar no primeiro tempo, com Luiz Felipe, levou a virada na etapa final, com Paulo Henrique Ganso e Arias, e arrancou empate no fim, com Marcos Leonardo.

O Santos foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com Luiz Felipe, em cobrança de escanteio. Na etapa final, o Fluminense dominou o jogo e virou em um minuto: aos 25, Sandry cometeu pênalti bobo em Matheus Martins e Ganso converteu de cavadinha. Na comemoração, o camisa 10 pediu para a torcida visitante "reger o maestro" e foi cobrado por Felipe Jonatan. Segundos depois, Cano ajeitou e Arias bateu bonito de fora da área.

Ganso, inclusive, foi vaiado durante todo o tempo na Vila. Ex-jogador do Santos, o meia teve saída conturbada para o São Paulo, mas quase voltou ao time alvinegro em 2021, quando Fernando Diniz esteve na Vila Belmiro.

O Santos de Lisca teve poder de reação, pressionou o Fluminense na parte final do jogo e chegou ao empate em gol no minuto 40. Rodrigo Fernández lançou, Ângelo cruzou e Marcos Leonardo estufou as redes para deixar tudo igual.

Com o empate, o Santos continua no nono lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos. O Fluminense ainda é o terceiro, com 37. O time alvinegro voltará a campo para enfrentar o Coritiba, no Couto Pereira na segunda-feira (8), pela 21ª rodada. O time carioca receberá o Cuiabá no domingo (7).

O Santos fez bom primeiro tempo, quando deu pouco espaço ao Fluminense numa marcação bem compactada e por zona. Na etapa final, porém, o elenco alvinegro não manteve o desempenho e foi acuado pelos visitantes. No fim, o Santos arrancou o empate.

Após semana livre, o novo técnico do Santos mexeu no time: Camacho no meio-campo, Carlos Sánchez na armação e Lucas Barbosa na ponta pela direita foram as novidades, além dos retornos de Maicon e Luiz Felipe. O gol santista teve cobrança de escanteio de Sánchez, desvio de Barbosa e oportunismo de Luiz.

No segundo tempo, Lisca colocou Sandry e não Rodrigo Fernández no lugar do Sánchez. Sandry cometeu o pênalti que mudou o jogo. Fernández e Ângelo, em compensação, entraram na etapa final e construíram o gol de Marcos Leonardo.

Depois de 47 minutos ruins, o Fluminense voltou melhor para o segundo tempo. Diniz tirou o zagueiro Luccas Claro para a entrada de Martinelli e melhorou a saída de bola do time, que voltou a jogar como seu habitual no Brasileirão. Depois do segundo gol, porém, os visitantes voltaram a ser inferiores ao Santos, que buscou o empate.

SANTOS

João Paulo, Madson, Maicon, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Camacho (Rodrigo Fernández), Vinicius Zanocelo (Ângelo) e Carlos Sánchez (Sandry); Lucas Barbosa (Léo Baptistão), Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Lisca

FLUMINENSE

Fábio, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro (Martinelli) e Caio Paulista; André, Nonato (Willian) e Paulo Henrique Ganso (David Duarte); Matheus Martins (Wellington), Arias (Pineda) e Cano. Técnico: Fernando Diniz

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS