X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fluminense vai ao Equador enfrentar o Barcelona pela Libertadores

| 12/08/2021 11:57 h | Atualizado em 12/08/2021, 13:05

Fred (à direita) participa do treino com o foco em ajudar o Fluminense a brigar pelo título da Copa Libertadores
Fred (à direita) participa do treino com o foco em ajudar o Fluminense a brigar pelo título da Copa Libertadores |  Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O Fluminense faz seu jogo mais importante do ano e que pode mudar o cenário de 2021. Em meio a uma turbulência, talvez a pior da temporada, o time tricolor encara o embalado Barcelona de Guayaquil nesta quinta-feira (12), às 21h30, no Maracanã, no duelo de ida das quartas de final da Libertadores.

O jogo da volta, no Equador, está marcado para o dia 19, no Monumental, em Guayaquil. O gol fora de casa é critério de desempate, daí a importância de o Fluminense não sofrer gols no Maracanã.

Certo é que Fred, referência do elenco, capitão e terceiro maior artilheiro brasileiro na história da Libertadores, será titular e prometeu “dar a vida” no que considera o “jogo mais difícil” do Fluminense na competição.

“Tenho certeza que faremos um grande jogo. Vamos para dentro dos caras, vamos dar a nossa vida. No que depender da gente, vamos sair vitoriosos e com uma vantagem boa”, disse o confiante Fred.

“Quando voltei, tinha sonho de voltar para ganhar a Libertadores, e era tudo tão distante. Hoje que a possibilidade é real, não vou deixar de acreditar nunca”, completou.

A motivação de Fred é importante, já que a partida pode definir a permanência ou não de Roger Machado e transformar a turbulência em crise.

Isso porque o Fluminense vem de três derrotas seguidas no Brasileirão e classificações acompanhadas de críticas contra adversários tecnicamente mais fracos na Libertadores e Copa do Brasil.

O técnico terá como reforço o retorno de Nino, que foi titular da Seleção Brasileira na campanha do ouro na Olimpíada de Tóquio. Ele formará a zaga com Luccas Claro.

Roger deverá fazer outras mudanças. A principal delas será a entrada de Cazares no lugar de Nenê. O meia equatoriano treinou entre os titulares nesta quarta.

Ausentes na derrota para o América/MG, Luiz Henrique e Gabriel Teixeira retornam ao ataque.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS