Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fluminense marca no fim e vence Flamengo em clássico de muita confusão

Rubro-negro chegou a ter um gol de Gabi anulado por impedimento

Agência Folhapress | 06/02/2022 19:55 h

Jhon Arias marcou o gol que decidiu a partida
Jhon Arias marcou o gol que decidiu a partida |  Foto: Lucas Merçon/FFC
 

O primeiro clássico do Campeonato Carioca na temporada 2022 teve vitória do Fluminense. Em um duelo recheado de confusões, discussões e com cartões vermelhos, o time tricolor venceu o Flamengo por 1 a 0, neste domingo (6), com gol de Arias, já nos minutos finais.

Com o resultado, a equipe das Laranjeiras chegou a nove pontos, alcançando a segunda colocação. Já o Rubro-Negro permanece com sete pontos. A Portuguesa-RJ, que tem quatro pontos, entra em campo ainda hoje, contra o Bangu.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Audax Rio, no Raulino de Oliveira, às 19h, na quinta-feira, enquanto o Fluminense terá pela frente o clássico com o Botafogo, no Nilton Santos, às 20h, no mesmo dia.

O clássico teve mais confusão que chances claras de gol. Gabigol chegou a balançar a rede, mas o tento foi anulado após o VAR indicar impedimento. No fim, Arias, de cabeça, garantiu o triunfo do Fluminense.

O jogo começou animado, e com chances para os dois times logo nos primeiros minutos, com Gabigol para o Flamengo, e Luiz Henrique para o Fluminense.

Aos sete minutos, Andreas fez jogada pela esquerda e cruzou. Nino tentou fazer o corte e o árbitro apontou penalidade, indicando que a bola havia tocado no braço do zagueiro.

A marcação gerou grande confusão, com direito a empurra-empurra entre os jogadores dos dois times. Após alguns minutos de paralisação, Alexandre Tavares foi ao VAR e cancelou o pênalti.

O duelo ficou um pouco mais "lá e cá", com certo equilíbrio entre as ações. Após troca de passes na frente da área, a bola sobrou para Willian Bigode, que bateu de primeira e obrigou Hugo a fazer boa defesa. Depois, Arão achou Gabigol nas costas da defesa. O camisa 9 cruzou para Arrascaeta, que chegava no lado oposto e ficaria na cara do gol, mas Felipe Melo conseguiu desvio providencial.

Já nos minutos finais da primeira etapa, nova confusão. Yago, do Fluminense, cobrou falta para a área e Hugo saiu afastando, se chocando com David Braz. Na sequência, o zagueiro tricolor e o zagueiro Gustavo Henrique, do Fla, iniciaram um empurra-empurra na área.

No segundo tempo, Paulo Sousa e Abel Braga fizeram substituições em uma tentativa de mudar o cenário do jogo, mas o confronto permanecia sem que os times mostrassem maior desenvolvimento.

O Flamengo chegou a balançar a rede aos 27 minutos da etapa final, com Gabigol. Após cobrança em meia altura, Leo Pereira desviou e o atacante mandou para o gol. Após análise do VAR, porém, foi apontado posição irregular do camisa 9.

Já nos minutos finais, após cruzamento, Arias apareceu nas costas da defesa do Flamengo e cabeceou com força. Hugo não conseguiu espalmar e o Flu abriu o placar.

Nove minutos de acréscimos

Diante de tantas paralisações no segundo tempo, entre elas com o VAR, a arbitragem apontou nove minutos de acréscimos, e o Flamengo foi para cima em busca do empate, mas o Fluminense se segurou. No fim, em boa jogada de Marinho, Gabigol desviou e Marcos Felipe conseguiu fazer boa defesa.

Depois, o goleiro voltou a salvar em cabeçada à queima-roupa.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 X 1 FLUMINENSE

Competição: Campeonato Carioca

Local: Estádio Nilton Santos

Dia: 6 de fevereiro 2022, domingo

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus

Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga

Cartões amarelos: Diego, Andreas Pereira, Gustavo Henrique, Marinho, Léo Pereira (FLA); Felipe Melo, André, David Braz, Cris Silva (FLU)

Cartão vermelho: Vitinho, do Flamengo, aos 34'/2ºT; Calegari, do Fluminense, aos 34'/2ºT

Gol: Arias, do Fluminense, aos 43 minutos do segundo tempo.

FLAMENGO

Hugo, Rodinei (Isla), Gustavo Henrique, Leo Pereira e Filipe Luis; Arão, Andreas (João Gomes) e Diego (Marinho); Everton Ribeiro (Vitinho), Arrascaeta (Lazaro) e Gabigol. Técnico: Paulo Sousa.

FLUMINENSE

Marcos Felipe, Nino, Felipe Melo (Matinelli) e David Braz; Samuel Xavier (Calegari), André (Ganso), Yago Felipe e Cris Silva; Luiz Henrique (Nonato), Willian Bigode (Arias) e Fred (Cano). Técnico: Abel Braga. 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS