X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Flamengo goleia Juventude com quatro gols de cabeça na estreia de Cebolinha

Cebolinha estreou dando assistência para o gol de Lázaro, que deu números finais para a goleada

Agência Folhapress | 21/07/2022 09:02 h

Empurrado por mais de 65 mil torcedores, o Flamengo teve início avassalador no duelo com o Juventude e construiu a vitória já nos 20 primeiros minutos no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). O Rubro-Negro apenas administrou a vantagem e, no fim, goleou os gaúchos por 4 a 0, nesta quarta-feira (20), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O triunfo foi estabelecido com gols de Pedro (2), Everton Ribeiro e Lázaro. O duelo em Brasília marcou a estreia de Everton Cebolinha com a camisa flamenguista.

Curiosamente todos os quatro gols saíram de cabeça, em jogadas feitas pelo lado direito. O Juventude não tomou conhecimento do time carioca, que apresentou uma força física devido ao descanso na última rodada. Não à toa, João Gomes e Pedro foram as primeiras alterações de Dorival Júnior, visto que foram titulares nas últimas partidas.

A vitória fez o Flamengo chegar aos 27 pontos e mirar o G6 para iniciar o segundo turno do Brasileirão. Com Dorival, o clube carioca chegou ao oitavo triunfo na competição e esboça uma reação em busca do título.

Everton Cebolinha estreou dando assistência para o gol de Lázaro
Everton Cebolinha estreou dando assistência para o gol de Lázaro |  Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
 

O JOGO DO FLAMENGO

O Flamengo foi a campo com a escalação titular e mostrou a força do elenco já no primeiro tempo. Aos 20 minutos, o Rubro-Negro já tinha 3 a 0 no placar. Um bom jogo do lado direito entre Rodinei, Everton Ribeiro e Gabi, que também se aproximou da posição. Criativo e envolvente, o clube carioca praticou o perde e pressiona e não correu perigo.

Dorival mexeu na equipe logo no intervalo. Vitinho e Cebolinha entraram no segundo tempo. O camisa 19 faz a sua estreia e, mesmo sem ritmo de jogo, protagonizou alguns lances importantes. O estreante, inclusive, mudou o jogo do Flamengo, visto que movimentou o lado esquerdo, já que o lado direito vinha tendo destaque.

O JOGO DO JUVENTUDE

O Juventude não conseguiu administrar a pressão do Flamengo no primeiro tempo. Foram três gols do Rubro-Negro em 20 minutos e nenhum atacante de perigo ao goleiro Santos. A equipe de Umberto apresentou pouca transição e Capixaba e Elton entraram ainda no primeiro tempo. Os gaúchos ficaram com um a menos após a expulsão de Jadson.

A exemplo do que aconteceu no primeiro tempo, o Juventude teve muita dificuldade na criação. Em sua grande maioria, as oportunidades vieram após erros do Flamengo. Sem Jadson, expulso no primeiro tempo, ficou complicado para a equipe de Humberto Louzer reagir. Os gaúchos viram os cariocas administrarem a vantagem no segundo tempo.

CRONOLOGIA

Foram cinco minutos de pressão até o Flamengo marcar o primeiro gol aos 5min. O uruguaio participou da troca de passes e cruzou na segunda trave para o atacante, que cabeceou firme. O goleiro César tentou uma defesa, mas a bola já tinha ultrapassado a linha.

Gabi roubou a bola na direita, deixou o adversário no chão e ficou livre para cruzar na área. Arrascaeta subiu desequilibrado e o goleiro fez a defesa!

O Flamengo manteve o domínio e em uma troca de passe entre Rodinei e Everton Ribeiro no lado direito, o camisa 7 fez um cruzamento na medida para Pedro. O atacante de novo na segunda trave colocou a bola na rede aos 12min.

Em mais uma troca de passe no lado direito, Gabi cruza na medida para Everton Ribeiro marcar de cabeça aos 17min.

Aos 34 minutos, o Flamengo ficou pouco mais de um minuto trocando passes. A bola rolou em todos os setores do campo e, pelo lado direito, Everton Ribeiro arriscou o chute, que passou perto do travessão de César.

No fim do primeiro tempo, Jadson cometeu uma falta por trás no Gabigol - que matou a jogada - e quando o atacante do Flamengo recebeu um golpe do jogador do Juventude. O árbitro aplicou o cartão vermelho na hora.

Com o placar encaminhado desde o primeiro tempo, o Flamengo manteve a boa atuação na segunda etapa, dominou o meio, trocou passes e viu Cebolinha movimentar o lado esquerdo em jogadas individuais. O novo reforço entrou em lugar de Pedro

Para rodar a equipe, Dorival acionou Lázaro, Victor Hugo e Matheus França aos 31 do segundo tempo. Enquanto isso, Gabi, Arrascaeta e Everton Ribeiro foram para o banco.

Movimentando o lado esquerdo, Cebolinha fez uma jogada e cruzou na medida para Lázaro marcar mais um gol de cabeça aos 41min. O 'debutante' deixa o gramado com uma assistência.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Avaí, na Ressacada, no domingo (24), às 11hrs (de Brasília). O Juventude enfrenta o Ceará, no domingo (24), às 16h, no Alfredo Jaconi. Ambas partidas são pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FLAMENGO

Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira, Filipe Luís, João Gomes (Vitinho), Thiago Maia, Arrascaeta (Victor Hugo), Everton Ribeiro (Matheus França), Pedro (Everton Cebolinha) e Gabi (Lázaro). T.: Dorival Júnior

JUVENTUDE

César; Rodrigo Soares, Thalisson, Rafael Forster e Moraes; Yuri, Jadson, Paulo Henrique (Parede), Edinho (Capixaba), Marlon (Elton), Ricardo Bueno (Pitta). T.: Umberto Louzer

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Cartões amarelos: Ricardo Bueno (Juventude), Gabigol (Flamengo), Léo Pereira (Flamengo), Pitta (Juventude), Thiago Maia (Flamengo)

Cartão vermelho: Jadson (Juventude)

Gols: Pedro, aos 5min e aos 12min do primeiro tempo, e Everton Ribeiro, aos 17min do primeiro tempo, e Lázaro, aos 41min do segundo tempo

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS