X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fim de uma era: Barcelona oficializa saída de Messi do clube

| 05/08/2021 15:14 h

Imagem ilustrativa da imagem Fim de uma era: Barcelona oficializa saída de Messi do clube

O Barcelona anunciou nesta quinta-feira (5) que sua maior estrela, Lionel Messi, 34, não seguirá no time catalão. Cria das categoria de base do clube, o argentino estava no Barcelona desde 2000.

Campeão da Copa América com a Argentina recentemente, o camisa 10 não chegou a um acordo para permanecer no Barça, que citou obstáculos econômicos e estruturais para a renovação do contrato. A negociação fazia parte de um plano de diminuição de gastos do clube, que chegou a uma dívida bruta de 1 bilhão de euros (cerca de R$ 6 bilhões).

Eleito para a presidência do Barcelona em março deste ano, Joan Laporta assumiu o compromisso de reorganizar a instituição. Um dos pontos centrais dessa gestão é a renegociação de contratos, além da liberação e venda de atletas para aliviar a folha salarial.

Presidente de LaLiga, Javier Tebas havia dito que o Barça não poderia registrar um novo contrato com Messi a menos que reduzisse seus gastos para cumprir com as normas do fair-play financeiro da entidade que organiza o Campeonato Espanhol. O teto salarial é diferente para cada equipe e calculado com base nas declarações financeiras dos clubes. Os gastos são limitados em até 70% das receitas.

Anteriormente, Tebas disse a repórteres que, apesar do interesse de LaLiga na permanência do craque para a promoção da competição, não faria concessões especiais aos catalães.

A renovação o contrato do argentino era uma pendência que Laporta gostaria de ter fechado ainda antes do fim do vínculo, em junho, mas a situação financeira do clube impediu o acordo. O mandatário, que comandou o Barça pela primeira vez entre 2003 e 2010, tem boa relação com o argentino e confiava na manutenção do astro, apesar da insatisfação mostrada pelo jogador ao final da temporada 2019/2020.

Após a derrota por 8 a 2 para o Bayern de Munique nas quartas de final da Champions League, Messi comunicou à diretoria do Barcelona sua intenção de deixar o clube.

"Ambas as partes lamentam profundamente que tenha sido impossível cumprir os desejos do jogador e do clube", afirmou o Barcelona, em comunicado.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS