X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

F-1 terá suas duas primeiras provas da temporada aos sábados; entenda o motivo


A temporada 2024 da Fórmula 1 vai começar neste fim de semana. O GP do Bahrein inaugura o ano que marca o último campeonato de Lewis Hamilton na Mercedes, antes de ele ir para a Ferrari, conforme noticiado semanas atrás. As duas primeiras corridas, contudo, são marcadas por uma peculiaridade: elas serão disputadas no sábado e não no tradicional domingo.

O motivo das mudanças é o Ramadã, mês sagrado da religião muçulmana, que tem seu início em 10 de março. Durante o período, os muçulmanos cumprem uma série de regras, dentre as quais está o jejum durante o dia - entre o nascer e o pôr do sol. Isso fez com que o GP da Arábia Saudita, o segundo da temporada, tivesse de ser transferido para sábado à noite, em 9 de março, um dia antes do mês sagrado iniciar. O país tem o islamismo como religião oficial.

No Bahrein, o Islã também é o culto oficial do país. O GP, contudo, será dias antes do Ramadã começar. O conflito, neste caso, envolve o regulamento da Fórmula 1, que exige o mínimo de uma semana entre duas provas. Por isso, toda programação do primeiro GP do ano foi antecipada em um dia em função da segunda prova. A corrida será no sábado, dia 2 de março, a partir das 11h30 (de Brasília).

No Ramadã, os seus seguidores se abstêm de comer, beber - mesmo água -, fumar, falar palavras obscenas ou manter relações sexuais do amanhecer ao anoitecer. A jornada de trabalho é reduzida durante esse período em consideração ao estado físico dos que estão jejuando.

Segundo a crença, os muçulmanos fortalecem sua solidariedade e gratidão a Deus ao jejuar em conjunto. O jejum é um dos cinco pilares do Islã, considerado um ato de autopurificação, que leva as pessoas a ter força e paciência e a conhecer a si mesmos. O Ramadã também é um mês de caridade, quando a maioria dos muçulmanos faz o zakat, que é uma espécie de doação para os pobres. Ele também é considerado um período especial de devoção a Alah, principalmente por meio das orações e a leitura do Alcorão, o livro sagrado islâmico.

O primeiro GP a ser disputado em um sábado foi o de Las Vegas, nos Estados Unidos, no ano passado. A corrida aconteceu na noite de sábado, no fuso horário local. No Brasil, já era madrugada de domingo. Nesta temporada, o calendário continua o mesmo para a cidade americana.

Nesta quinta-feira, começam as sessões de treinos livres. Na sexta, há a terceira sessão, seguida pela qualificação para o grid. A corrida tem previsão de largada às 12h (horário de Brasília), no sábado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: