X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Eriksen é anunciado pelo Manchester United: 'Aqui é o lugar perfeito para mim'

Em junho de 2021, Eriksen sofreu uma parada cardíaca em campo durante um jogo da Eurocopa

Agência Estadão | 15/07/2022 12:12 h

O meio-campista Christian Eriksen, protagonista de uma história comovente no futebol ao sofrer uma parada cardíaca em campo, foi anunciado nesta sexta-feira ( 15) como reforço do Manchester United. Após conquistar os torcedores do Brentford, clube que abriu as portas para seu retorno aos gramados, em uma marcante passagem de seis meses, o dinamarquês de 30 anos assinou contrato válido até 2025 com o time de Old Trafford.

-
- |  Foto: Reprodução/Instagram
  

Em entrevista ao site oficial do United, Eriksen falou que uma de suas principais motivações para aceitar a oferta foi a oportunidade de trabalhar com Erik Ten Hag, treinador contratado para tentar recolocar o time no caminho das glórias na temporada 2022/2023.

"Vi o trabalho de Erik no Ajax e conheço o nível de detalhes e preparação que ele e sua equipe entregam todos os dias. É bastante claro que ele é um treinador fantástico. Depois de conversar com ele e entender mais sobre sua visão e a maneira como ele quer que o time jogue, estou ainda mais animado com o futuro. Ainda tenho grandes ambições, há muito que sei que posso alcançar, e este é o lugar perfeito para continuar minha jornada "

O meia tem em comum com Ten Hag o fato de também ter trabalhado no Ajax, equipe na qual começou sua carreira de jogador, antes de se transferir para o Tottenham, em 2013. Após sete anos em Londres, foi contratado pela Internazionale de Milão em 2020, um ano antes de viver um episódio que chocou o mundo do futebol.

Em junho de 2021, Eriksen sofreu uma parada cardíaca enquanto defendia a seleção dinamarquesa em duelo com a Finlândia, na Eurocopa. Depois de cerca de 15 minutos de atendimento em campo para ressuscitá-lo, o jogador saiu do campo de maca, auxiliado por um balão de oxigênio e foi levado a um hospital.

Toda a jornada vivida pelo dinamarquês colocou olhares atentos em cima dele. Depois de se recuperar do mal súbito, passou por uma cirurgia para colocar um cardioversor desfibrilador implantável (CDI), destinado à regulação da frequência cardíaca. Como o uso do aparelho não é permitido no futebol italiano, precisou aceitar um acordo com a Inter de Milão, clube ao qual pertencia na época, e teve o contrato rescindido em dezembro de 2021.

Então, no final de janeiro de 2022, o meia foi anunciado como reforço do Brentford, com um contrato curto válido até 30 de junho. Em seu quarto jogo, no início de abril, marcou o primeiro gol pelo clube em uma partida inesquecível para os torcedores: a goleada por 4 a 1 sobre o Chelsea, no Stamford Bridge. Foi o único gol dele em 11 jogos. De qualquer forma, teve boas atuações e contribuiu com quatro assistências. Com Eriksen em campo, o Brentford perdeu apenas duas partidas, empatou outras duas e venceu sete.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS