X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Em reencontro com Tite, Corinthians busca manter sequência invicta diante de Flamengo em crise


O Corinthians volta a campo neste sábado para encarar o Flamengo, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida, válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, marca o reencontro de Tite com a torcida corintiana. Multicampeão com o time paulista, o treinador vive crise no comando da equipe rubro-negra. O time do Parque São Jorge quer aproveitar a má fase do adversário para manter a sequência invicta.

A última vez que Tite esteve como adversário em um jogo do Corinthians foi em 2009, quando ele dirigia o Internacional. À época, amargou o vice da Copa do Brasil para o time de Ronaldo. Três anos depois, ajudou o clube a conquistar a inédita Libertadores e o bi do Mundial. Foi campeão Estadual, da Recopa e bi do Brasileiro antes de sair para treinar a seleção brasileira. No ano passado, o clube chegou a procurar o treinador após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, mas ele preferiu acertar com o Flamengo.

Apesar de fazer brilhar os olhos dos torcedores mais exigentes, o Corinthians já não perde há quatro partidas. Na terça-feira, a equipe de António Oliveira teve muitas dificuldades diante do modesto Nacional, do Paraguai, em duelo pela Copa Sul-Americana, mas conseguiu voltar ao Brasil com os três pontos. O destaque foi Carlos Miguel, que assumiu a titularidade após Cássio ir para a reserva e tem dado conta do recado.

"Não dá para jogar bem sempre. O mais importante do que a exibição é ganhar. Fizemos grande jogo contra o Fortaleza e não ganhamos. Hoje não jogamos tão bem e ganhamos, conseguimos nosso objetivo. Parabéns aos jogadores pelo esforço e dedicação que estão tendo nessa sequência de quatro jogos em dez dias", disse António Oliveira após a vitória sobre o Nacional. "Viemos em uma sequência desafiadora. Temos solicitados muitos dos mesmos jogadores. Fluminense, América-RN, Fortaleza e hoje. Repare, as viagens têm sido longas para nós", completou.

O português deve promover mudanças para o duelo com o Flamengo. Raniele, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, desfalca a equipe. Paulinho provavelmente vai ganhar nova chance como titular, enquanto o meia argentino Rodrigo Garro, liberado para acompanhar o nascimento da filha na última partida, está à disposição e vai começar jogando.

Tite, por sua vez, precisará fazer mudanças. Bruno Henrique e Erick Pulgar, lesionados, devem dar lugar a Everton Cebolinha e Allan, respectivamente. A comissão técnica aguarda a evolução de Arrascaeta, com um problema na coxa direita, para saber se o uruguaio terá condições de jogo. Caso ele não vá a campo, o jovem Lorran, promovido das categorias de base, tem chances de ganhar a vaga.

Corinthians e Flamengo já se enfrentaram 118 vezes na história, com 51 vitórias para os cariocas, 43 para os paulistas e 24 empates, com 176 gols marcados pelo time rubro-negro, e 155 pela equipe alvinegra. A última vitória do Corinthians fora de casa contra o Flamengo foi em 2022, pela 35ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, o time do Parque São Jorge venceu no Maracanã, por 2 a 1, com gols de Du Queiroz e Yuri Alberto. Matheus França fez o dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X CORINTHIANS

FLAMENGO - Rossi; Varela, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Viña (Ayrton Lucas); Allan, Gerson e De la Cruz; Luiz Araújo, Everton Cebolinha e Pedro. Técnico: Tite.

CORINTHIANS - Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Cacá e Hugo; Paulinho, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Wesley, Romero e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (Fifa/SC).

HORÁRIO - 16h.

LOCAL - Maracanã, no Rio (RJ).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: