X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Correção: Scaloni corta trio e Messi está entre os convocados da Argentina para a Copa América


A nota enviada anteriormente contém alguns erros. A Argentina tem 15 títulos da Copa América e não nove, a última conquista foi em 2021 e sua estreia será diante do Canadá. Os adversários do Grupo do Brasil, o D, são Costa Rica, Paraguai e Colômbia. Segue versão corrigida:

O técnico Lionel Scaloni divulgou a lista dos convocados da seleção da Argentina neste sábado, exatas 11 horas após a goleada sobre a Guatemala por 4 a 1, no último jogo de preparação da equipe para a Copa América. O treinador chamou 26 jogadores. Com isso, precisou fazer três cortes dos 29 nomes que levou para os amistosos. São eles: Leonardo Balerdi (Olympique de Marselha), Valentín Barco (Brighton) e Ángel Correa (Atlético de Madrid).

Principal estrela do time, Lionel Messi está na lista e pode fazer a sua última Copa América pela seleção argentina, já que a aposentadoria está cada vez mais próxima, assim como Ángel Di María, outra peça importante da equipe de Scaloni. O goleiro Dibú Martinez, titular nos dois últimos amistosos, mostrou estar recuperado de lesão e também foi confirmado entre os convocados.

A ausência mais questionada pela imprensa argentina é de Paulo Dybala, da Roma. Scaloni recebeu algumas críticas por não convocar o meia, que já havia ficado de fora dos amistosos contra Equador e Guatemala.

Maior campeã da Copa América com 15 conquistas, ao lado do Uruguai, tendo vencido a última em 2021, a Argentina dará o pontapé inicial do torneio nesta quinta-feira, às 21h (horário de Brasília), contra o Canadá, em Atlanta, nos Estados Unidos.

A atual campeã do mundo está no Grupo A, ao lado de Peru, Canadá e Chile. O Brasil está no Grupo D, com Costa Rica, Paraguai e Colômbia. A equipe de Dorival Júnior estreará contra os costa-riquenhos apenas na segunda-feira, dia 24, em Inglewood.

Confira os convocados da seleção argentina para a Copa América:

Goleiros - Armani (River Plate), Rulli (Ajax) e Emiliano Martínez (Aston Villa)

Defensores - Montiel (Nottingham Forest), Molina (Atlético de Madrid), Romero (Tottenham), Pezzella (Betis), Martínez Quarta (Fiorentina), Otamendi (Benfica), Lisandro Martínez (Manchester United), Acuña (Sevilla) e Tagliafico (Lyon).

Meio-campistas - Guido Rodríguez (Betis), Paredes (Roma), Mac Allister (Liverpool), De Paul (Atlético de Madrid), Palacios (Bayer Leverkusen), Enzo Fernández (Chelsea) e Lo Celso (Tottenham).

Atacantes - Di María (Benfica), Carboni (Monza), Messi (Inter Miami), Garnacho (Manchester United), Nicolás González (Fiorentina), Lautaro Martínez (Inter de Milão) e Julián Álvarez (Manchester City).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: