X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Correção: Milan aproveita expulsão e bate Slavia na Liga Europa; Paquetá faz e West Ham avança


Na nota enviada anteriormente estava que o rival do Milan foi o Sparta Praga. Na verdade os italianos enfrentaram o Slavia Praga. Segue versão corrigida:

O Milan não tomou conhecimento do Slavia Praga no confronto das oitavas de final da Liga Europa. Depois de fazer 4 a 2 em Milão, o time italiano voltou a somar os três pontos, desta vez com 3 a 1 na República Checa, nesta quinta-feira, para avançar com 7 a 3 no agregado. Depois de perder na ida, o West Ham contou com gol do brasileiro Lucas Paquetá para revirar a eliminatória com o Freiburg em grande estilo: 5 a 0. No sufoco, Olympique de Marselha e Benfica também se garantiram.

Com vantagem de 4 a 2 conquistada no San Siro, o Milan foi para Praga disposto a administrar a boa vantagem. E viu sua missão facilitada com somente 20 minutos, após a expulsão de Holes, por pisão em Calabria flagrado pelo VAR. Ao mesmo tempo, o time italiano perdeu o goleiro Maignan, com dores.

Com um a mais, o Milan enfim mudou a postura precavida e começou a atacar. E por muito pouco não abriu o marcador com Pulisic, que parou em defesa de Stanek. Logo depois, o goleiro checo fez novo milagre.

O sufoco ficou gigante e foram necessários um intervalo de dois minutos para o Milan construir nova vitória. Aos 33, Pulisic recebeu de Rafael Leão e desta vez não desperdiçou. Ele cortou o zagueiro na área e mandou no canto.

Logo depois, aos 35, foi a vez de Loftus-Cheek deixar sua marca. Tabela pela esquerda, Theo Hernández cruzou e o meia inglês só teve o trabalho de empurrar às redes. Ainda deu tempo de Rafael Leão ampliar antes do intervalo em um belo gol. Nos acréscimos, o atacante português recebeu de Pulisic e, de fora da área, mandou no ângulo.

A enorme vantagem fez os italianos diminuírem o ritmo na etapa final. Diante de um oponente entregue, os italianos apenas administraram a posse de bola. Ainda assim, já no fim, Jurasek anotou o gol de honra dos locais. O Milan celebrou a vaga com os 3 a 1.

PAQUETÁ MARCA, WEST HAM GOLEIA E VIRA SÉRIE

O West Ham se garantiu nas quartas com goleada por 5 a 0 sobre o Freiburg. Depois de ser derrotado por placar mínimo na Alemanha, o time recebeu os alemães e foi logo igualando a eliminatória com gol do brasileiro Lucas Paquetá, com somente nove minutos. A pressão cresceu ainda mais e Bowen ampliou aos 32.

A definição da classificação veio em uma segunda etapa ainda mais arrasadora. Logo aos 7 minutos, Creswell ampliou para 3 a 0, praticamente acabando com as chances dos visitantes. Kudus, duas vezes, definiu a surra ao anotar aos 32 e aos 40.

O Olympique de Marselha passou aperto nos minutos finais, perdeu em visita ao Villarreal, por 3 a 1, gols de Capoué, Sorloth e Mosquera, mas se beneficiou da goleada por 4 a 0 na França para se garantir entre os oito melhores da Liga Europa. Os espanhóis chegaram a abrir 3 a 0 na partida e se lançaram ao ataque com tudo no fim, o que beneficiou um gol no contragolpe e o alívio dos franceses, com Clauss anotando aos 50 minutos.

Quem também se garantiu no aperto foi o Benfica. Depois de uma igualdade por 2 a 2 em Lisboa, o time português visitou o Rangers, na Escócia, e se garantiu graças a um gol de Rafa Silva, no segundo tempo, e triunfo por 1 a 0.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: