X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Coritiba busca empate com o Vila Nova nos acréscimos pela Série B


Coritiba e Vila Nova empataram por 1 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Couto Pereira, em partida válida pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo começou com os goianos em vantagem, com Henrique Almeida, mas reservou emoção até o fim, com Robson empatando, de pênalti, nos acréscimos.

Com o resultado, o Vila Nova chegou aos 21 pontos e ficou de forma momentânea na quarta colocação, dividindo o G-4 com América-MG, Avaí e Operário. O Coritiba agora tem 19 pontos e ocupa o sétimo lugar.

No primeiro tempo, os dois times fizeram um jogo equilibrado, com muita disputa no meio de campo e diversas faltas. Com o apoio da torcida, o time da casa foi superior e até chegou a abrir o placar aos 17 minutos. No entanto, o gol foi anulado após participação do VAR.

Pelo lado do Vila Nova, Henrique Almeida e Alesson assustaram a meta do goleiro Pedro Morisco, mas não tiveram efetividade para balançar as redes. Os dois times levaram um justo empate pelo placar de 0 a 0 para o intervalo.

No segundo tempo, o jogo mudou completamente. Logo no primeiro minuto, Henrique Almeida aproveitou jogada ofensiva, dominou na grande área do Coritiba, girou e finalizou, sem chances para Pedro Morisco. O gol colocou o Vila Nova em vantagem e fez valer a 'lei do ex' na capital paranaense.

Na frente do marcador, o Vila Nova quase chegou ao segundo gol com Geovane, mas parou na boa defesa de Morisco. Precisando de uma mudança de postura, o Coritiba se jogou para cima em busca do empate. Maurício Antônio, Frizzo e Robson criaram boas oportunidades para deixar tudo igual, mas tiveram dificuldades para balançar as redes.

No apagar das luzes, em um ataque do Coritiba pelo alto, a bola bateu no braço do experiente volante Ralf. Após análise do VAR, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Robson bateu alto e deixou tudo igual.

O Coritiba volta a campo no domingo que vem, dia 7 de julho, para enfrentar o Paysandu, às 21h, novamente no Couto Pereira. O Vila Nova vai encarar o Amazonas na segunda-feira (8), às 21h, no estádio Carlos Zamith, em Manaus (AM).

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 1 X 1 VILA NOVA

CORITIBA - Pedro Morisco; Natanael, Maurício Antônio, Bruno Melo e Rodrigo Gelado (Jamerson); Sebastián Gómez, Morelli (Wesley Pomba), Vini Paulista (Leandro Damião) e Matheus Frizzo (Matheus Bianqui); Brandão (Figueiredo) e Robson. Técnico: Fábio Matias.

VILA NOVA - Dênis Júnior; Elias, Quintero, Jemmes (Apodi) e Rhuan; Ralf, Cristiano e Geovane (João Lucas); Juan Christian (João Vítor), Henrique Almeida (Guilherme Lacerda) e Alesson. Técnico: Luizinho Lopes.

GOLS - Henrique Almeida, aos 2, e Robson (pênalti), aos 47 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS - Robson e Bruno Melo (Coritiba); Rhuan (Vila Nova).

ÁRBITRO - Dênis da Silva Ribeiro Serafim (AL).

RENDA - R$ 237.810,00.

PÚBLICO - 16.361 torcedores.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, Curitiba (PR)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: