X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Corinthians volta fortalecido a Itaquera para encarar a Ponte Preta


O Corinthians enfrenta a Ponte Preta neste domingo, às 20 horas, em jogo que encerra a décima rodada do Paulistão e marca o retorno do time paulistano à Neo Química Arena, em São Paulo. Foi lá que começou a série invicta após cinco derrotas seguidas, com a vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, mas os três jogos seguintes foram disputados fora de casa.

Na volta para Itaquera, os torcedores vão encontrar uma equipe muito fortalecida, embora ainda precisando tirar o saldo negativo deixado pelo início ruim. Com 10 pontos no Grupo C, não tem nenhuma chance de terminar a rodada dentro da zona de classificação.

O triunfo sobre a Lusa foi a estreia do técnico António Oliveira, que já conseguiu implementar com sucesso algumas de suas ideias, apesar do curto tempo de trabalho. Depois, iniciou-se a jornada como visitante e veio a goleada por 4 a 1 sobre o Botafogo-SP, seguida pelo empate heroico por 2 a 2 em clássico com o Palmeiras e pela tranquila classificação à segunda fase na Copa do Brasil, garantida em vitória por 3 a 0 sobre o Cianorte, em Maringá.

"É mais fácil trabalhar sobre vitórias e esta é dos jogadores, que são abnegados no trabalho, sempre com muita vontade de acertar e aprender", disse o técnico português, em entrevista coletiva após o duelo com o time paranaense. "O caminho é longo. Temos de ter calma. Amanhã será outro dia de muito trabalho. Precisamos nos preparar para dar o máximo, como sempre, para obter os três pontos na próxima partida", ponderou.

O Corinthians teve um acréscimo técnico muito grande com a rápida adaptação do meio-campista Rodrigo Garro e tem visto alguns de seus jovens talentos, caso do atacante Wesley, começarem a maturar. Além disso, as primeiras impressões deixadas por Pedro Henrique, titular pela primeira vez no duelo com o Cianorte, indicam um acerto da diretoria ao trazê-lo do Internacional.

O time que vai a campo neste domingo deve ser muito parecido ao que foi levado ao gramado no jogo da Copa do Brasil. A única certeza é que Cássio, expulso no Dérbi do final de semana passado, não joga. Assim, Carlos Miguel, tão aclamado por boa parte dos corintianos, continua na equipe titular, como ocorreu em Maringá, onde Cássio não pôde atuar por causa de um trauma no quadril.

Vais ser diante de Carlos Miguel, portanto, que o ataque da Ponte Preta, o segundo melhor da competição, ao lado de Palmeiras, Santos e Inter de Limeira, com 13 gols marcados, será colocado à prova. Apesar do sucesso em balançar as redes adversárias, o time campineiro não vive uma boa fase e está há duas partidas sem vencer.

Nesta sequência, perdeu por 1 a 0 para o Red Bull Bragantino e empatou por 1 a 1 com o Ituano. Por isso, está fora da zona de classificação do Grupo B, com 13 pontos. Para tentar recuperar a equipe pontepretana, o técnico João Brigatti conta com o retorno do volante Emerson, recuperado de uma pancada no joelho esquerdo sofrida durante a vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, três rodadas atrás.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS X PONTE PRETA

CORINTHIANS - Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Maycon e Rodrigo Garro; Pedro Henrique, Romero e Wesley. Técnico: António Oliveira.

PONTE PRETA - Pedro Rocha, Castro, Haquin e Nilson Júnior (Mateus Silva); Igor Inocêncio, Emerson Santos (Ramon Carvalho), Léo Naldi, Elvis e Gabriel Risso; Iago Dias e Jeh. Técnico: João Brigatti.

ÁRBITRO - Matheus Delgado Candançan.

HORÁRIO - 20 horas.

LOCAL - Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: