X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Corinthians vai a Minas com técnico interino para desafiar Cruzeiro e buscar 2ª vitória seguida


O emocionante triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória, com gol nos acréscimos na Neo Química Arena, deu vitalidade ao elenco e à torcida do Corinthians, mas não tirou o time da zona de rebaixamento. Faltou também apresentar um futebol mais convincente, o que a equipe comandada pelo interino Raphael Laruccia vai tentar fazer neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, diante do Cruzeiro, em jogo da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 12 pontos, na 17ª posição, a primeira fora da degola, os corintianos tentam vencer duas partidas consecutivas na competição nacional pela primeira vez. Antes de superarem o time baiano, só haviam conseguido bater o Fluminense, por 3 a 0, ainda em abril, resultado que foi sucedido por uma série de nove partidas sem vitória. A nona, uma derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, culminou na demissão de António Oliveira.

Ainda sem treinador efetivo, após não avançar nas conversas com Fábio Carille e Ramon Díaz, o clube continua no mercado e não considera a efetivação de Laruccia neste momento. "Enquanto a gente vai construindo a nossa carreira, a gente vai buscando conhecimento e adquirir experiências para que, quando aparecerem oportunidades e possibilidades como essa, a gente esteja preparado para encarar o desafio", disse o interino, que é comandante do sub-20, sobre a responsabilidade que caiu em suas mãos.

Por trabalhar na base, o técnico conhece bem os garotos do clube e fez uso deles ao longo da partida de quinta-feira. O gol da vitória, aliás, foi marcado pelo jovem atacante Giovane, que pode ganhar mais espaço, assim como Matheus Araújo. Mais do que uma preferência do treinador, utilizar os meninos do Terrão tem sido uma necessidade frente às poucas opções oferecidas pelo elenco.

Com o avanço da Copa América, contudo, nomes que estavam indisponíveis voltam a ficar à disposição. Eliminado do torneio na terça-feira com o Paraguai, Romero voltou a tempo e foi utilizado na reta final contra o Vitória. Félix Torres, que estava defendendo o Equador e caiu para a Argentina na quinta, deve retornar contra o Cruzeiro. De volta de suspensão, Breno Bidon também reforça a equipe.

Enfrentar o time mineiro poderia ser uma experiência incomum para o Corinthians se o duelo estivesse marcado para pelo menos quatro dias depois. É lá que está Cássio, um dos maiores ídolos da história corintiana e que pediu para deixar o clube em meio a uma enxurrada de críticas.

O goleiro, entretanto, tem de esperar a abertura da janela de transferências, dia 10 de julho, para poder jogar. O mesmo vale para Hugo Souza, contratado pelo clube paulista para suprir a ausência de Cássio e também de Carlos Miguel, negociado com o Nottingham Forest, da Inglaterra.

Além de trazer o ídolo corintiano, o clube mineiro, sob a nova gestão de Pedro Lourenço, se reforçou com Jonathan Jesus, Walace, Fabrizio Peralta, Matheus Henrique, Kaio Jorge e Lautaro Díaz. Todos esperam a abertura da janela e, portanto, não jogam contra o Corinthians.

Com 20 pontos, o Cruzeiro briga neste momento para alcançar o G-6, mas como tem um jogo a menos e foi ativo no mercado, gerou altas expectativas para o segundo semestre. Por enquanto, vem oscilando, como mostra a derrota por 1 a 0 sofrida frente ao Criciúma na quarta-feira.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO X CORINTHIANS

CRUZEIRO - Anderson; William, Zé Ivaldo, Lucas Villalba e Kaiki Bruno; Lucas Romero, Ramiro, Lucas Silva e Matheus Pereira; Arthur Gomes e Gabriel Verón. Técnico: Fernando Seabra.

CORINTHIANS - Matheus Donelli; Matheuzinho (Leo Maná), Gustavo Henrique (Félix Torres), Cacá e Hugo; Raniele, Breno Bidon, Rodrigo Garro e Igor Coronado; Wesley e Yuri Alberto. Técnico: Raphael Laruccia (interino).

ÁRBITRO - Alex Gomes Stefano (RJ).

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: