Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Corinthians empata com Bragantino e fica mais perto da zona de rebaixamento

| 04/10/2020 08:49 h

O Corinthians apenas empatou por 0 a 0 com o Red Bull Bragantino no sábado (3), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado aumenta a crise do Alvinegro, que fica mais perto da zona de rebaixamento.

O Timão continua a dois pontos da zona de rebaixamento, mas pode perder mais posições na rodada, já que os rivais que brigam contra a degola ainda jogam neste domingo.

O Corinthians repetiu o resultado da última partida, diante do Atlético-GO, além do mesmo futebol - com excesso de erros individuais e coletivos.

Na próxima rodada, o Corinthians joga o clássico contra o Santos, quarta-feira (7), às 19h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Red Bull Bragantino recebe o Internacional na próxima quinta-feira.

QUE FOI BEM: ARTUR
A qualidade técnica do jogo foi muito abaixo do esperado. Artur foi o jogador mais eficiente da partida, com dribles e velocidade. No entanto, ele pecou novamente demais nas finalizações.

QUEM FOI MAL: JÔ
Quem foi mal: Jô apagado e substituído O atacante Jô foi inoperante em campo. O camisa 77 mostra que sem está ritmo de jogo. Foi substituído aos 20 minutos do segundo tempo para a entrada de Boselli.

Com o resultado, o Corinthians pulou para a 11ª colocação, com 12 pontos
Com o resultado, o Corinthians pulou para a 11ª colocação, com 12 pontos |  Foto: Reprodução/ SporTV/ Premiere

MANTUAN ENTROU BEM
O jovem meia Gustavo Mantuan entrou bem no time no segundo tempo. Além de habilidade, ele deu movimentação e velocidade ao time. Com a fase ruim dos jogadores de beiradas do Timão em 2020, Mantuan pode ganhar mais oportunidades. O Corinthians terminou o jogo com o quarteto ofensivo formado por Mosquito, Cazares, Mantuan e Boselli.

GABRIEL DE VOLTA E PERDIDO
O volante Gabriel foi a única surpresa na escalação de Dyego Coelho. O camisa 5 se mostrou perdido na marcação e passou mal com Lucas Evangelista, Artur e companhia. o volante recebeu cartão amarelo já no primeiro tempo. Vale ressaltar que ele perdeu a posição de titular com o Coelho após cumprir suspensão.

CRONOLOGIA DO JOGO
O Corinthians atuou grande parte do jogo no esquema 4-4-2, com duas linhas de quatro. Cantillo e Gabriel por dentro, com Otero e Léo Natel pelos lados. Na frente, Luan e Jô.

Vale ressaltar que o camisa 7 voltava para encaixar no meio-campo e formar uma "linha de três" atrás de Jô. No entanto, o Corinthians expõe desentrosamento, saída de bola falha, com diversos erros de passes, e sem velocidade nenhuma pelas beiradas. A primeira finalização perigosa ocorre no fim do primeiro tempo, quando Léo Natel arriscou chute de fora da área.

O Red Bull Bragantino corre bastante, diferente do Corinthians, demonstra mais entrosamento, porém toca de mais bola antes de tentar as finalizações e, quando finalizou, não acertou a pontaria ou parou em Cássio.

No segundo tempo, o Corinthians ficou mais veloz com as substituições e, principalmente, com o novo quarteto ofensivo, formado por Mosquito, Cazares, Mantuan e Boselli, mas pecou no "último passe" e nas finalizações.

FAGNER VOLTA E JÁ TOMA CARTÃO
Fagner retornou ao time após cumprir suspensão automática. O camisa 23 manteve o "padrão" e já recebeu um cartão amarelo - hoje ainda no primeiro tempo. O lateral errou muitos passes e pouco apoiou o ataque.

RED BULL BRAGANTINO
Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger, Edimar; Raul, Ryller (Thonny Anderson) e Lucas Evangelista; Artur, Bruno Tubarão (Luis Phelipe) e Alerrandro. T.: Maurício Barbieri

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Cantillo, Gabriel (Ramiro) e Otero (Gustavo Mantuan); Luan (Cazares), Léo Natel (Gustavo Silva) e Jô (Boselli). T.: Dyego Coelho

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Danilo Manis e Evandro de Melo
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo
Cartões amarelos: Ryller (BRA); Fagner e Gabriel (COR)

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS