X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Corinthians derrota o Santos em seu primeiro clássico no ano

| 02/02/2020 14:32 h

Imagem ilustrativa da imagem Corinthians derrota o Santos em seu primeiro clássico no ano

O Corinthians derrotou o Santos por 2 a 0, neste domingo, na arena do clube em Itaquera, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Everaldo e Janderson, logo no primeiro minuto de cada tempo, marcaram os gols da vitória.

O time comandado por Tiago Nunes não vencia há duas rodadas, depois de empatar com o Mirassol e perde da Ponte Preta. O Santos, por sua vez, sofreu a sua primeira derrota e teve a sua pior apresentação neste Paulistão.

Com o resultado, o Corinthians chegou aos sete pontos, no Grupo D. O Santos permanece na liderança do Grupo A com 7 pontos, mas torce por um tropeço da Ponte Preta, que está com seis, diante da Internacional de Limeira, nesta segunda-feira, fora de casa, para encerrar a rodada na primeiro posição.

Na próxima jornada, o Corinthians encara a Inter de Limeira, no próximo domingo, novamente em Itaquera. Antes, porém, o time viaja ao Paraguai, onde na quarta-feira faz o primeiro confronto contra o Guarani, pela segunda fase preliminar da Copa Libertadores. O jogo de volta, em São Paulo, será no dia 12. Sem jogos durante a semana, o Santos retorna a campo no dia 10, para receber o Botafogo de Ribeirão Preto, às 20 horas, na Vila Belmiro.

JOGO

O Corinthians começou o clássico adotando uma postura ofensiva avassaladora, com uma chance de perigo aos 20 segundos e o gol logo no primeiro minuto, ambas com a participação do meia-atacante Everaldo. Na primeira, ele recebeu passe de Luan, ajeitou e chutou para boa defesa de Everson.

No lance do gol, após cruzamento de Fagner pela direita, a bola passou pela zaga santista, por Boselli, e chegou a Everaldo que, livre de marcação, chutou cruzado na saída de Everson, abrindo o placar.

Mesmo em vantagem o Corinthians continuou em ritmo acelerado em busca do segundo gol, explorando o lado direito com Fagner, e assustou com Luan, aos 10.

Acuado e sem poder de reação, o Santos (sem contar com Sánchez e Marinho, machucados, e Soteldo, desgastado após defender a Venezuela no Pré-Olímpico), encontrou dificuldades para ter a posse de bola e, até os 30 minutos, não finalizou uma única vez contra o gol de Cássio.

Até o final da primeira etapa, o ritmo corintiano caiu e o Santos equilibrou o clássico, mas continuou sem força ofensiva para chegar ao empate. Com uma primeira etapa muito abaixo do esperado, o time da Vila Belmiro ainda escapou de levar o segundo gol aos 38, depois que Sidcley, dentro da pequena área, chutou para fora; e aos 42, quando Everson fez boa defesa, após uma cabeçada do zagueiro Gil.

O segundo tempo começou e, novamente no primeiro minuto, o Corinthians marcou o segundo gol. Após belo lançamento de Boselli no campo de defesa, Janderson avançou, entrou na área, e bateu cruzado na saída de Everson, ampliando o placar.

Na comemoração, Janderson acabou expulso pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira. Ele já tinha um cartão amarelo recebido na etapa inicial e, após o gol, foi comemorar com a torcida na escada que dá acesso à arquibancada.

O técnico Jesualdo Ferreira tentou, através de alterações, deixar o timemais ofensivo, dinâmico, mas não obteve êxito. Mesmo com quatro atacantes (Sasha, Raniel, Kaio Jorge e Uribe), e um jogador a mais que o adversário em campo, o Santos foi ineficiente, lento, previsível.

O time da Vila Belmiro chegou a marcar com Uribe, aos 38, mas o árbitro anotou falta de Eduardo Sasha sobre Fagner, no lance. Nos minutos finais, a torcida do Corinthians aproveitou a vantagem no placar e a troca de bola entre os jogadores para ecoar o grito de “olé” na sua arena em Itaquera.

CORINTHIANS 2 x 0 SANTOS
CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley; Camacho (Gabriel), Cantillo, Everaldo (Mateus Vital), Janderson e Luan (Lucas Píton); Mauro Boselli. Técnico: Tiago Nunes.
SANTOS - Everson; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Uribe), Sandry (Evandro) e Pituca; Kaio Jorge (Jean Mota), Raniel e Eduardo Sasha. Técnico: Jesualdo Ferreira.
GOLS - Everaldo, a 1 minuto do primeiro tempo; Janderson, a 1 minuto do segundo tempo.
ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.
CARTÃO VERMELHO - Janderson.
RENDA - R$ 2.355.356,04.
PÚBLICO - 40.669 pagantes (40.935 total).
LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS