X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Com três jogadores a menos, São Paulo derrota Universidad Católica

Vitória do tricolor paulista fora de casa coloca time em boa situação para o jogo da volta

Agência Brasil | 01/07/2022 12:00 h

Patrick disputa jogada
Patrick disputa jogada |  Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
 

O São Paulo deixou bem encaminhada a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana ao derrotar a Universidad Católica (Chile) por 4 a 2, nesta quinta-feira (30) no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no jogo de ida das oitavas da competição continental.

Com esse resultado, o Tricolor fica em boa situação para a partida da volta, na próxima quinta (7) no estádio do Morumbi.

O grande destaque da partida foi, sem dúvida, o atacante Luciano, que marcou duas vezes para ajudar a equipe de Rogério Ceni e encerrar um incômodo jejum de gols que já durava quase dois meses.

Porém, quem abriu o placar a favor do Tricolor foi o lateral Reinaldo, em cobrança de pênalti aos 14 minutos do primeiro tempo. Aos 23 o lateral Isla (que acaba de deixar o Flamengo) falhou e o argentino Calleri aproveitou para tocar para Luciano ampliar.

Após o longo jejum, o camisa 11 queria mais e conseguiu aos 38, após receber de Reinaldo, se livrar de dois marcadores com um drible e chutar com violência.

Talvez por conta da boa vantagem construída na etapa inicial, o Tricolor relaxou no início do segundo tempo e permitiu que os chilenos descontassem logo no primeiro minuto com Zampedri. Três minutos depois Igor Vinícius foi expulso após receber o segundo cartão amarelo e ficou a impressão de que os brasileiros poderiam se complicar de vez.

Mas o artilheiro Calleri entrou em ação e marcou o quarto do São Paulo após bela trama entre Patrick e Igor Gomes. O problema foi que o time do Morumbi ficou sem outro jogador, após o juiz expulsar Rodrigo Nestor (com auxílio do árbitro de vídeo), que pisou na perna de um adversário.

Com a vantagem numérica a Católica chegou ao segundo, agora com Valencia. A pressão dos chilenos aumentou mais, especialmente após a terceira expulsão, de Calleri, mas o time de Rogério Ceni mostrou força para segurar a vitória até o apito final.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS