X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Com técnico novo, Guarani abre 2 a 0, mas cede igualdade ao Santo André no fim no Paulistão


Com um tempo de cada no Brinco de Ouro, Guarani e Santo André ficaram no empate por 2 a 2 na noite desta quinta-feira, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. O time de Campinas terminou o primeiro tempo vencendo por 2 a 0, mas o rival do ABC reagiu na reta final e esquentou a briga contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Guarani chegou a cinco jogos sem vencer, soma cinco pontos e aparece em 13º colocado geral, lanterna do Grupo B. Já o Santo André aparece abaixo, em 15º, com quatro e o último do Grupo A, sendo o único time sem vitória na competição.

De técnico novo, o Guarani entrou em campo com mais intensidade. Apesar de enfrentar a pior defesa do campeonato, os donos da casa tiveram mais imposição ofensiva, do que em partidas passadas. Com 20 minutos, Léo Santos carimbou o pé da trave. Depois, Pablo Thomaz foi derrubado dentro da área e o juiz assinalou pênalti. O mesmo se encarregou da cobrança e abriu o placar para o Guarani, aos 25.

O Santo André sentiu o gol e pouco reagiu. Apostando em bolas longas, era facilmente desarmado pela defesa. Quando tentou sair jogando, a defesa deu bobeira e Régis roubou a bola. O meia partiu pra cima, deu linda finta no marcador e bateu na saída do goleiro para marcar um belo gol e ampliar o marcador para o time de Campinas.

Na segunda etapa, o Guarani voltou mais sonolento e viu o Santo André crescer. Lohan cabeceou e Vladimir fez bela defesa. Logo depois, Bruno Michel foi quem cabeceou e até chegou a balançar as redes, mas o gol foi anulado por impedimento, na origem da jogada.

O lance animou o visitante, que se tornou dono do jogo. Com mais posse de bola e não deixando o Guarani jogar, diminuiu o placar aos 37. Após pênalti assinalado através do VAR, Lohan colocou fogo na partida. Não deu outra, aos 45, Wellington Reis fez bela jogada individual, passou por dois dentro da área e decretou o empate com um chute diagonal.

Na próxima rodada, o Guarani visita a Portuguesa, no domingo, às 18h0, no Canindé. Já o Santo André fecha a nona rodada na segunda-feira, às 19h, no clássico contra o São Bernardo, no 1º de Maio.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 2 SANTO ANDRÉ

GUARANI - Vladimir; Heitor, Léo Santos, Rayan (Diogo Mateus) e Hélder; Camacho (Lucas Araújo), Anderson Leite (Marlon Douglas), Matheus Bueno e Régis (Chay); Reinaldo (Márcio Silva) e Pablo Thomaz. Técnico: Claudinei Oliveira.

SANTO ANDRÉ - Luiz Daniel; Júnior Caiçara, Afonso (Richard), Walce, João Victor e Igor Fernandes; Wellington Reis, Geovane (Marciel) e Dudu Vieira (Ariel); Bruno Michel (Enzo) e Léo Passos (Lohan). Técnico: Márcio Fernandes.

GOLS - Pablo Thomaz, aos 25, e Régis aos 36 minutos do primeiro tempo; Lohan, aos 37, e Wellington Reis, aos 45 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Afonso (Santo André); Pablo Thomaz e Reinaldo (Guarani).

ÁRBITRO - Matheus Delgado Candançan.

RENDA - R$ 88.100,00.

PÚBLICO - 3.669 torcedores.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: