X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Chapecoense quebra jejum de sete jogos e vence o Amazonas pela Série B


Enfim a Chapecoense se reencontrou com a vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. Abrindo a décima rodada, nesta quinta-feira, o time de Chapecó (SC) pôs fim a um jejum de sete jogos sem vencer, ao superar o Amazonas por 1 a 0, no estádio Carlos Zamith, em Manaus (AM).

A última vitória tinha acontecido diante do Guarani, por 1 a 0, no dia 26 de abril, ainda pela segunda rodada. De lá para cá, acumulou cinco empates e duas derrotas.

O gol de Bruno Leonardo também fez a Chapecoense se afastar da zona de rebaixamento, subindo para o 12º lugar, com 14 pontos. Ultrapassando justamente o Amazonas, que caiu para o 13º, com 11.

Jogando diante da torcida, o Amazonas teve o domínio nos minutos iniciais, trocando mais passes e levando vantagem na posse da bola. Matheus Serafim teve a chance de abrir o marcador, mas mandou para fora. O time viria assustar novamente com Sassá, que também errou o alvo.

A Chapecoense era reativa e apostou mais nos contra-ataques. O time catarinense só foi levar perigo na reta final, em chutes de longa distância de Rafael Carvalheira, Foguinho e Mancha, todos passando para fora.

Na segunda etapa, o Amazonas voltou com o mesmo domínio, empilhando chances na área, mas sem pontaria. Mesmo defensiva, a Chapecoense se valia da bola parada para chegar ao ataque. Após cobrança de escanteio, Marcelinho desviou e Bruno Leonardo cabeceou para abrir o placar, aos 22 minutos.

A vantagem deixava a Chapecoense tranquila em campo, até que aos 31 minutos, Giovanni Augusto se estranhou com o goleiro Marcão, levou o segundo amarelo e foi expulso. Com um a mais, o Amazonas se lançou ao ataque. Fabiano subiu mais alto que a defesa catarinense, mas parou no travessão, na melhor chance do empate e de evitar a derrota.

O Amazonas volta a campo na próxima terça-feira, quando visita o Novorizontino, às 21 horas, no interior de São Paulo. Já a Chapecoense abre a 11ª rodada na segunda-feira, contra o Operário-PR, na Arena Condá, às 21 horas.

FICHA TÉCNICA

AMAZONAS 0 X 1 CHAPECOENSE

AMAZONAS - Marcão; Patric, Alvariño, Diogo Silva e Fabiano; Pará (Matheusinho), Diego Torres (Barros) e Rafael Tavares (Jô); Matheus Serafim (William, Barbio), Sassá (Bruno Lopes) e Enio. Técnico: Rafael Lacerda.

CHAPECOENSE - Matheus Cavichioli; JP Galvão (Marcelinho), Bruno Leonardo, Habraão e Mancha; Foguinho (João Paulo), Auremir (Tárik), Rafael Carvalheira, Giovanni Augusto; Marcinho (Marcinho) e Thayllon (Régis Tosatti).Técnico: Umberto Louzer.

GOL - Bruno Leonardo, aos 21 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Diego Torres, Diogo Silva e Marcão (Amazonas); JP Galvão e João Paulo (Chapecoense).

CARTÃO VERMELHO - Giovanni Augusto (Chapecoense).

ÁRBITRO - Murilo Ugolini Klein (PR).

RENDA - R$ 40.740,00.

PÚBLICO - 6.752 torcedores.

LOCAL - Estádio Carlos Zamith, em Manaus (AM).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: