Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Capixabão: último favorito a estrear, Estrela vem forte

| 29/01/2020 18:54 h | Atualizado em 29/01/2020, 19:38

Imagem ilustrativa da imagem Capixabão: último favorito a estrear, Estrela vem forte

Dono de apenas um título do Capixabão, conquistado em 2014, e de três da Copa Espírito Santo (2003, 2004 e 2005), o Estrela do Norte tem se organizado fora das quatro linhas para tentar colocar mais troféus em sua prateleira; Para isso, também decidiu apostar em um técnico com “cheiro de títulos” no Estado.

O time de Cachoeiro de Itapemirim será o último favorito a estrear no Capixabão, na próxima segunda-feira (03), às 20h15, contra o Rio Branco de Venda Nova, no Sumaré. Isso porque a primeira partida da equipe, que seria contra a Desportiva na última terça-feira (28), foi adiada para o dia 26 de fevereiro em virtude das chuvas que atingiram a cidade do Sul do Estado.

Quem está no comando da equipe é Zé Humberto, técnico que foi campeão estadual e da Copa Espírito Santo com o Atlético/ES em 2017, além de vice-campeão da Copa Verde em 2018.

Para preparar o time, o treinador teve à disposição um centro de treinamento que será usado até o fim do ano, com campo, piscina, quadra, vestiários e refeitório. Estrutura que poucos times capixabas têm. O estádio do Sumaré também recebeu melhorias, com a recuperação do sistema automático de irrigação e o replantio do gramado, além de reforço parcial na iluminação do estádio que tem capacidade atual para 6 mil lugares.

Imagem ilustrativa da imagem Capixabão: último favorito a estrear, Estrela vem forte

Para levantar recursos, a diretoria do Estrela também lançou um programa de sócio-torcedor que já conta com 350 adeptos, que podem render, em média, cerca de R$ 10,5 mil mensais ao clube. O clube ainda captou sete patrocinadores para a camisa e lançou produtos oficiais, como boné e cerveja.

De acordo com o diretor financeiro Bruno Mazzoco, o projeto do Estrela é válido para os próximos 10 anos e o objetivo da diretoria é colocar o clube na Série C ou Série B do Brasileiro dentro desse período. Ele também garante que as dívidas atuais do clube estão controladas, mesmo não revelando valores.

“Nosso projeto é que o Estrela tenha calendário o ano inteiro, mas não é de apenas disputar Capixabão e Copa Espírito Santo. A gente pensa em crescer dentro do cenário nacional”, afirma o dirigente.

Imagem ilustrativa da imagem Capixabão: último favorito a estrear, Estrela vem forte
Pensando em título, Zé Humberto pede humildade e trabalho

Experiente e com currículo campeão, o mineiro Zé Humberto sabe o que é preciso para ter uma campanha vitoriosa no Estado. Por isso, o treinador de 57 anos garante que seu time chega forte para a disputa do Capixabão, mas prega por muito trabalho e humildade, além de respeito aos adversários.

“Todas as equipes pensam em título e onde eu passei foi assim também. O Estrela montou uma equipe competitiva, de boa qualidade. Para conquistar o Capixabão tem que ter muito foco, trabalho, humildade e respeito aos adversários. E saber que cada jogo é uma decisão”, acredita o técnico, que tem contrato com o clube até o fim da competição, mas que pode ser prorrogado.

Ainda na pré-temporada, o Estrela deu uma demonstração da sua força e venceu o Botafogo por 1 a 0 em jogo-treino em Domingos Martins, no dia 17 de janeiro.

Como não disputou a Copa Espírito Santo, todo o elenco foi contratado para o Capixabão. Entre os principais jogadores estão os zagueiros Kleber Viana, ex-Atlético Itapemirim, Tony, ex-Xanghra, da Indonésia, e Pessanha, revelado pelo Internacional e que estava no AC Kajaani, da Finlândia. Também chegaram nomes como lateral-direito Belarmino, ex-Bonsucesso, o meia Ângelo Renan, ex-Catanduva, e os atacantes Gazito, que estava no Brasília, e Robert Gladiador, que veio do Arema FC, da Indonésia.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS