X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Brusque perde pênalti no fim e Cruzeiro comemora empate

O Cruzeiro contou com uma ajuda do VAR para escapar da quinta derrota no Brasileiro da Série B

Agência Folhapress | 30/07/2022 15:25 h

Imagem ilustrativa da imagem Brusque perde pênalti no fim e Cruzeiro comemora empate
 

Com contornos dramáticos no fim do jogo, o Cruzeiro ficou no empate com o Brusque, por 0 a 0, neste sábado (30), no estádio Augusto Bauer, pela 21ª rodada da Série B. A equipe catarinense desperdiçou uma cobrança de pênalti nos acréscimos com Gabriel Taliari. O jogador converteu a batida, mas o VAR interferiu e interpretou que o jogador deu dois toques na bola.

O empate saiu barato para o Cruzeiro, que passou longe das boas atuações que vem tendo em casa. O time celeste não vence como visitante desde o dia 3 de junho, quando bateu o Operário, em Ponta Grossa-PR, por 2 a 1.Com o resultado, a equipe celeste segue na liderança da competição com 46 pontos. Já o Brusque chegou aos 24 pontos e ocupa a 12ª colocação, podendo perder posições com o complemento da jogada.

O Brusque volta a campo na próxima quinta-feira (4), às 19h (de Brasília), contra o Sampaio Corrêa no estádio Augusto Bauer. Já o Cruzeiro enfrenta o Tombense, no sábado (6), às 19h, no Mineirão.

A primeira etapa foi de muita luta, mas com poucas chances claras para as duas equipes. No entanto, o Brusque esteve bem mais presente na área do Cruzeiro. Apenas na reta final, o gol quase saiu de ambos os lados. Primeiro com o Brusque, que aos 40, exigiu uma boa defesa de Rafael Cabral. Álvaro recebeu o cruzamento de Alexandro, bateu firme e Cabral espalmo. Já o Cruzeiro quase abriu o placar aos 44, com Edu. Bruno Rodrigues ajeitou para Edu. Ele finalizou, a bola desviou na zaga, e Jordan fez a defesa.

Tanto o Brusque como o Cruzeiro perderam jogadores por lesão muscular ainda no primeiro tempo. Pará foi substituído por Edilson aos 13 e Geovane Jesus por Rômulo aos 23.O meia Chay, oficializado nesta semana, fez sua estreia pelo Cruzeiro. O jogador foi acionado por Paulo Pezzolano no intervalo e entrou na vaga de Stênio. O jogador entrou com bastante vontade e tentou se aproximar dos atacantes.

Logo aos dois minutos do segundo tempo, o Cruzeiro finalizou com Bidu, que recebeu passe do estreante Chay. Ele finalizou e Jordan defendeu sem rebote. Aos oito, Alex Ruan finalizou para o Brusque e a bola passou bem perto do travessão. Na reta final, aos 30, Fernandinho bateu rasteiro e forte. A bola passou à direita do gol de Cabral com perigo.

O Brusque teve a chance de vencer a partida, mas desperdiçou. A bola tocou na mão de Lucas Oliveira na área e o árbitro marcou a penalidade. Na batida, Gabriel Taliari converteu, mas antes escorregou e deu dois toques na bola. O VAR entrou em ação e o gol foi anulado.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS