X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Beraldo é expulso, Mbappé passa em branco, mas PSG vence clássico no Francês


Em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Francês, realizada no estádio Orange Vélodrome, Olympique de Marselha e Paris Saint-Germain fizeram o grande clássico do Campeonato Francês. Mesmo jogando com um a menos desde o fim do primeiro tempo, devido a expulsão do zagueiro Beraldo, da seleção brasileira, o time da capital venceu por 2 a 0 debaixo de muita chuva no sul do país.

Os portugueses Vitinha e Gonçalo Ramos foram os autores dos gols. Com a vitória, o PSG chegou aos 62 pontos, manteve os 12 de vantagem sobre o vice-líder Brest e fica mais perto do título. Já o Olympique perdeu a segunda seguida e estacionou nos 39 pontos, em 7º lugar.

O clássico começou quente, com o PSG se lançando ao ataque aos 4 minutos em bela jogada pela direita com Dembélé, que cruzou para a área e, após desvio do goleiro Pau López, a bola ficou livre para Fabian Ruiz. O meia finalizou mal e desperdiçou a chance. Já aos 5, o zagueiro do PSG Danilo Pereira quase fez contra. O Olympique, então, saiu para o jogo, primeiro com Aubameyang, que parou em Donnarumma, e depois com Veretout, que pegou um rebote e mirou o ângulo, mas a bola raspou o travessão antes de sair.

Aos poucos, o PSG controlou as ações e achou espaço na defesa adversária aos 29 minutos novamente com Dembelé, o jogador mais incisivo. Ele arrancou do meio-campo e driblou três marcadores, mas finalizou para fora, à esquerda do gol. E, aos 40, quando o PSG era melhor, o brasileiro Lucas Beraldo era o último homem da defesa e parou uma arrancada de Aubameyang no meio-campo, sendo expulso depois da revisão do VAR.

Com um a mais, o Olympique voltou para o segundo tempo indo para cima do PSG e levou perigo com Kondogbia e Luis Henrique. Mas quem marcou foi o time visitante. Aos 7 minutos, Vitinha roubou de Kondogbia e achou Dembelé no contra-ataque, que devolveu a tabela para o português chutar de dentro da área no cantinho do goleiro para inaugurar o marcador: 0 a 1. O Olympique chegou a empatar na sequência, com Veretout finalizando um rebote de Donnaruma, mas o gol foi anulado por impedimento de Luis Henrique, que atrapalhou a visão do goleiro, segundo o árbitro.

Apagado na partida, Mbappé - que deve sair ao fim da temporada - foi substituído logo aos 18 minutos da etapa complementar por Gonçalo Ramos e a arquibancada fez questão de vaiar o atacante, que deixou o campo direto para o vestiário, sem falar com o treinador Luis Enrique, não escondendo sua frustração.

Aproveitando o momento, o Olympique aumentou a pressão com uma sequência de ataques perigosos, mas um inspirado Donnarumma segurou o ímpeto dos donos da casa. E, aos 40, o PSG matou o jogo. Depois de sofrer na defesa, Hakimi puxou um contra-ataque perfeito, enfiou o passe para Asensio que só rolou para Gonçalo Ramos ampliar o marcador: 0 a 2.

Na próxima rodada o Olympique vai até Lille enfrentar o time da casa na sexta-feira (5) e o PSG recebe o Clermont no sábado (6). Antes disso, os parisienses decidem a semifinal da Copa da França contra o Rennes, na quarta-feira (3), na capital.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: