X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Após dura virada no 1º set, Bia Haddad perde de Collins e é eliminada em Wimbledon


Em um jogo marcado por atrasos e interrupções pela chuva, Beatriz Haddad Maia foi superada pela americana Danielle Collins e se despediu de Wimbledon na terceira rodada, neste sábado. A tenista brasileira foi derrotada por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h38min de confronto em Londres.

Com o revés, a número 20 do mundo não conseguiu defender os pontos obtidos nas oitavas de final do ano passado, quando registrou sua melhor campanha no Grand Slam britânico. Assim, pode perder posições e deixar o Top 20 do ranking na próxima atualização da lista da WTA.

Collins, por sua vez, avançou às oitavas de final de Wimbledon pela primeira vez na carreira. Assim, a 11ª tenista do mundo poderá voltar ao Top 10 ao fim do torneio. Sua adversária nas oitavas será a experiente checa Barbora Krejcikova, atual 32ª do mundo.

A partida entre Bia e Collins começou com atraso de horas em razão do mau tempo, que voltou a atrapalhar a programação da competição. Quando iniciado, o jogo foi marcado por um começo fulminante da brasileiras, que faturou duas quebras de saque em sequência e abriu 4/0.

A partida, então, sofreu sua primeira paralisação. Na volta, Collins foi ainda mais intensa em sua reação ao vencer nada menos que nove games consecutivos, fechando o primeiro set com uma virada espetacular. Além disso, começou a segunda parcial com tudo, abrindo 3/0.

Bia esboçou reação e empatou a parcial em 3/3. E aí a partida foi novamente interrompida devido à chuva. Na retomada, mais uma vez a tenista americana mostrou força após o "descanso" forçado e embalou na partida, selando o set e sua classificação às oitavas de final.

A doloroso derrota impede Bia de sonhar alto em Wimbledon, justamente num momento em que sua chave "abria", sem perspectiva de adversárias mais complicadas nas rodadas seguintes, após a eliminação precoce da polonesa Iga Swiatek, número 1 do mundo, ainda neste sábado.

Entre outros resultados do dia, a casaque Elena Rybakina atropelou a dinamarquesa Caroline Wozniacki por 6/0 e 6/1, num duelo de gerações na grama londrina. A número quatro do mundo enfrentará a russa Anna Kalinskaya, tenista em ascensão no circuito, que avançou ao superar a compatriota Liudmila Samsonova por 7/6 (7/4) e 6/2.

Campeã de Roland Garros em 2017, a letã Jelena Ostapenko derrotou a americana Bernarda Pera por 6/1 e 6/3. E será a próxima adversária da casaque Yulia Putintseva, algoz de Iga Swiatek.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: