X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Após atrasos, Paris-2024 faz teste técnico da cerimônia de abertura no Rio Sena


Após seguidos adiamentos, o Comitê Organizador da Olimpíada de Paris-2024 conseguiu fazer nesta segunda-feira seu segundo teste técnico da cerimônia de abertura nas águas do Rio Senna, na capital francesa. O ensaio acontece faltando 39 dias para o início do grande evento esportivo, marcado para começar em 26 de julho.

O teste havia sido agendado para os últimos meses, em diferentes datas. Mas acabou sendo adiado em razão das chuvas constantes em Paris, o que aumentou consideravelmente o volume de água do rio. O primeiro teste foi realizado há quase um ano, em 17 de julho de 2023.

O teste contou com a participação de 55 barcos, praticamente vazios, mas, que no dia de abertura da Olimpíada, poderão carregar até cinco delegações de países. As embarcações partiram da Pont d'Austerlitz até a Pont d'Iéna, que fica diante da Torre Eiffel, na região conhecida como Trocadero, onde será instalado o palco principal da cerimônia.

O trajeto de barco de seis quilômetros foi feito em 45 minutos. A velocidade média das embarcações foi de 9 km/h. Principal responsável pela cerimônia, Thierry Reboul se mostrou "muito satisfeito" com o evento, de acordo com o jornal francês L'Equipe, apesar de ter criticado um leve atraso no início do teste.

O evento desta segunda contou também com diversos de barcos de segurança, que vão monitorar a cerimônia em cada trecho. A questão de segurança, principalmente pelo risco de atentados terroristas, vem sendo uma das maiores preocupações da organização da Olimpíada. Por isso, a definição das delegações que vão ocupar os barcos é considerado um dos grandes segredos de segurança do evento.

O teste desta segunda teve caráter apenas técnico, sem incluir a parte artística, que deve se concentrar na parte final do trajeto dos barcos, perto da Torre Eiffel. Um novo teste será realizado nos próximos dias para finalizar os últimos detalhes da cerimônia de abertura.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: