X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Televisão

Luiz Bacci abandona jornal ao vivo após receber notícia de acidente com sua família

De acordo com ele, o barco que pertence a sua família naufragou


O apresentador Luiz Bacci precisou interromper sua participação ao vivo no Cidade Alerta (Record) na noite desta quinta-feira (30) após receber a notícia de um acidente envolvendo sua família. Horas depois, Bacci relatou o ocorrido em um vídeo nas redes sociais.

"Eu estava no meio de uma entrevista quando me chega uma mensagem de pedido de socorro da minha irmã de um acidente gravíssimo que envolveu nossa família no Rio Grande do Norte", explicou. "Fiz os contatos que precisava, que eram urgentes, não pude seguir o programa adiante."

De acordo com ele, o barco que pertence a sua família naufragou. Nele, estavam membros da família de seu cunhado, Gustavo. A irmã do apresentador e os sobrinhos não estavam no barco.

"Estava o Gustavo, que sobreviveu, e o pai dele, seu Acácio, de 70 anos, um pai adorável e sogro adorável, que infelizmente nos deixou. Ele sofreu um infarto quando viu toda aquela situação. Ele morreu no barco antes mesmo de colocar o colete salva vidas", relatou Bacci.

Segundo o apresentador, o cunhado conseguiu colocar coletes em outros dois membros da família, um tio e um primo. Eles caíram do barco que estava enchendo de água e ficaram desaparecidos por aproximadamente uma hora a cerca de dez quilômetros da costa de Natal.

O Corpo de Bombeiros e oficiais da Marinha foram acionados. "Era muito escuro. Meu pedido, naquele momento, era de um helicóptero para tentar localizá-los, mas não era possível", disse Bacci.

"O ex-senador Agripino [Maia], dono da TV Tropical, que é a Record de lá, tratou minha família como se fosse dele e nos ajudou a coordenar as buscas que terminaram bem sucedidas, com o resgate do tio e do primo do meu cunhado", afirmou o apresentador, que agradeceu a todos envolvidos no resgate.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: